Sem liberação para brincar durante pandemia, parquinhos são inaugurados em bairros de Campo Grande

Quatro playgrounds foram entregues, nesta terça-feira (15), em bairros carentes de Campo Grande. Porém, devido a pandemia de coronavírus, crianças ainda não podem brincar nos parquinhos inaugurados no Dom Antônio Barbosa, Aero Rancho, Conjunto Residencial Rouxinóis e Vila Fernanda. Com parceria entre o MPT-MS (Ministério Público do Trabalho de Mato Grosso do Sul), TRT-MS (Tribun...

Karina Campos Publicado em 15/12/2020, às 16h32 - Atualizado às 16h44

(Foto: Ilustrativa/ Arquivo Midiamax) - (Foto: Ilustrativa/ Arquivo Midiamax)
Quatro playgrounds foram entregues, nesta terça-feira (15), em bairros carentes de Campo Grande. Porém, devido a pandemia de coronavírus, crianças ainda não podem brincar nos parquinhos inaugurados no Dom Antônio Barbosa, Aero Rancho, Conjunto Residencial Rouxinóis e Vila Fernanda. Com parceria entre o MPT-MS (Ministério Público do Trabalho de Mato Grosso do Sul), TRT-MS (Tribunal […] Playgrounds foram entregues em quatro bairros da Capital.

Quatro playgrounds foram entregues, nesta terça-feira (15), em bairros carentes de Campo Grande. Porém, devido a pandemia de coronavírus, crianças ainda não podem brincar nos parquinhos inaugurados no Dom Antônio Barbosa, Aero Rancho, Conjunto Residencial Rouxinóis e Vila Fernanda.

Com parceria entre o MPT-MS (Ministério Público do Trabalho de Mato Grosso do Sul), TRT-MS (Tribunal Regional do Trabalho), e a prefeitura municipal, as obras custaram de R$ 26 mil a R$ 58 mil, e cada um possui de seis a 24 brinquedos.

O objetivo é instalar 40 playgrounds na cidade, para disponibilizar lazer às crianças, além de transformar uma parte do bairro em ponto de entretenimento aos moradores.

“A semente foi plantada. Até passar essa pandemia não conseguiremos colocar a nossa gurizada para brincar. Mas a semente da transformação foi plantada. Esse parquinho representa mais qualidade de vida para todos do nosso bairro”, disse o representante da região do Dom Antônio Barbosa, Rubens Honório Alcântara.

A inauguração foi feita de forma simbólica, pois o local ainda não tem a liberação de entrada, para evitar aglomeração de crianças e pessoas no local, durante a pandemia de coronavírus. Os recursos utilizados nas obras são de multas aplicadas por descumprimento de ações civis públicas.

Já foram entregues obras nos bairros Vida Nova III, Moreninhas, Portal Caiobá, Loteamento Bom Retiro, São Conrado e Lar do Trabalhador.

 

Mato Grosso do Sul Moreninhas Dom Antônio Barbosa TRT-MS MPT-MS lazer Aglomeração Coronavírus Pandemia Loteamento