PMA multa pecuarista em R$ 5 mil por destruição de mata ciliar em Nioaque

Fiscalização aconteceu nesta quinta-feira(22)

Nesta quinta-feira(22), a PMA (Polícia Militar Ambiental) de Jardim autuou um pecuarista em R$ 5.000,00, por destruição de 1 hectare de mata ciliar, do córrego Espiníndio, que corta a sua propriedade. A ação ocorreu durante uma fiscalização em Nioaque, a 184km da Capital.

O homem, de 45 anos, confessou que derrubava a vegetação para aumentar a área de pastagem. O local estava com árvores recém removidas do solo, e algumas foram parar dentro do leito do córrego.

As atividades foram interditadas e o infrator foi notificado a apresentar um Prada (Plano de Recuperação da Área Degradada e Alterada) junto ao órgão ambiental estadual.

O pecuarista, residente em Nioaque, também foi autuado administrativamente por degradação de Área de Preservação e foi multado em R$ 5.000,00. Ele responderá por crime ambiental com pena de um a três anos de detenção.

(Divulgação / PMA)

 

Crime AmbientalPMAPolícia Militar