Choveu, perdeu: clientes acusam Energisa de descaso com quedas de energia em Campo Grande

Com problemas frequentes, advogada planeja reunir reclamações de vizinhos e acionar Energisa judicialmente

Toda vez que chove em Campo Grande começam a surgir reclamações de moradores sobre problemas com a energia elétrica. Desta vez, não foi diferente e, com chuva por dois dias seguidos, moradores reclamam do descaso da concessionária e amargam prejuízos com a perda de alimentos na geladeira ou até por eletrodomésticos queimados. 

O construtor Ivo Soares, de 54 anos, mora no bairro Tijuca e conta que não é a primeira e sem dúvidas não será a última vez que ele fica sem energia elétrica após uma chuva, mesmo que fraca. Da última vez, Ivo teve prejuízo com o freezer que usa em casa.

“Isso acontece direto aqui, semana passada aconteceu, faltou energia e queimou o motor do meu freezer. Como consumidor eu fico muito chateado, foi um prejuízo de mais de R$ 1 mil”, conta. Desta vez, ele chegou a ficar 22 horas sem energia, das 15 horas de quarta-feira (14) até as 13 horas de quinta-feira (15).

A advogada Stephanie Lima, de 34 anos, é um exemplo de quem perdeu tudo que tinha na geladeira devido à falta de energia. Ela conta que mora no bairro Vivendas do Parque e os problemas com o fornecimento de energia elétrica são constantes.

“Há três anos sofremos e a Energisa lixo não faz nada. Vou reunir os protocolos de reclamação do bairro para acioná-los judicialmente”, diz. Stephanie explica que a falta de energia por mais de 24 horas foi a gota d’água e que vai se unir aos moradores do bairro, que também colecionam prejuízos causados por queda de energia.

A gente fica em meia fase pelo menos uma vez por mês. Agora foi a gota d’água, eu falei para os vizinhos: vamos acionar junto, é uma pouca vergonha. Metade das minhas câmeras de vigilância estão queimadas, televisão também deu problema. Eles falam que é só abrir um chamado em caso de prejuízo, mas são quase seis meses para dar uma resposta, é burocracia”, reclama a consumidora.

Desde a tarde de quarta-feira (16), o Jornal Midiamax tem recebido relatos de moradores sem energia elétrica. A maioria dos consumidores reclama do prejuízo com os alimentos que estragam na geladeira. O Jornal Midiamax entrou em contato com a Energisa sobre bairros sem energia e aguarda posicionamento.

Campo Grande no escuro

Apesar dos altos custos para manutenção da rede elétrica e distribuição de energia, a Energisa tem sistematicamente deixado Campo Grande no escuro com qualquer chuva. Nesta quinta-feira (15), por exemplo, a rede sucumbiu deixando nada menos que 28 bairros com problemas no fornecimento de energia

Confira a lista de bairros: Vila Santo Antônio, Vila Piratininga, Nova Campo Grande, Vila Nasser, Universitário, Tiradentes, Santo Amaro, Portal Caiobá, Pioneiros, Conjunto União, Rita Vieira, Maria Aparecida Pedrossian, Núcleo Industrial, Nova Lima, Moreninhas, Mata do Segredo, Tijuca, Jardim São Lourenço, Jardim São Conrado, Jardim Parati, Jardim Centro Oeste, Jardim Centenário, Jardim Batistão, Aero Rancho, Chácara dos Poderes, Carandá Bosque, Caiçara e Amambai.

ChuvaConsumidorcot1Energia ElétricaEnergisafalta de energiaJardim Centro OesteMoreninhasRita VieiraVila Nasser