Após casos em massa de coronavírus na PM, Bonito terá postos de atendimento e orientação

Faixas e comunicados sobre a prevenção da doença serão espalhados na cidade durante o feriado

Após os casos positivos de coronavírus na corporação da Polícia Militar de Bonito, a 295 quilômetros de Campo Grande, a prefeitura informou, nesta quinta-feira (29), que irá implantar postos de atendimento e orientação sobre a doença em vários pontos atrativos, durante feriadão do Dia de Finados (2).

A administração firmou parceria com o Sebrae para instalação de postos itinerantes para informar sobre as medidas de segurança para controle da Covid-19. Serão mais 20 agentes percorrendo o comércio como bares, hotéis e restaurantes explicando os protocolos adotados na abertura do turismo.

Outra adoção será instalar uma das equipes no Balneário Municipal e faixas de conscientização em locais públicos.

O município recebeu uma recomendação do Ministério Público de Mato Grosso do Sul para conter aglomerações nas vias públicas. Em nota, a prefeitura explicou que o policiamento será reforçado e feito de forma preventiva; as viaturas serão direcionadas para locais que geralmente, costumam ter maior número de turistas no fim da tarde.

Segundo o secretário municipal de turismo, Augusto Mariano, o comércio está conseguindo retomar o lucro após meses sem fechados e as medidas serão para assegurar visitantes e os próprios moradores.

“Nós tivemos dezenas de empresas fechadas, muitas por definitivo, centenas de pessoas desempregadas e um impacto gigantesco na economia do município. Se hoje algumas situações atípicas estão acontecendo, precisamos lembrar que o cidadão, em qualquer lugar do mundo, já deveria saber a situação que vivemos e agir com prudência. O Executivo vai fazer o que é possível para evitar novos episódios semelhantes aos divulgados”, disse.

Casos positivos em PMs

Quase metade do pelotão da PM da cidade testou positivo para Covid-19, após o feriado do Dia da Independência. A secretaria de Saúde realizou testagem em todo efetivo e a desinfecção do local.

A equipe da Vigilância Sanitária realizou o levantamento epidemiológico para rastrear a origem da contaminação, e o primeiro registro de sintomas da Covid-19 foi constatado no dia 8 de outubro. A suspeita é que a contaminação tenha acontecido cerca de 4 a 7 dias antes dos sinais.

Segundo a PM, esse servidor foi afastado das atividades, porém, com a corporação em regime de escala para o feriado, todo efetivo estava trabalhando, facilitando as chances de contágio entre os policias.

cot1Covid-19Turismo