Acaba 2020: Nas últimas horas do ano, campo-grandense torce por vacina em 2021

Pelo Centro, pessoas não veem a hora do ano novo chegar

Demorou, mas o ano de 2020 finalmente chegou ao fim. Pelas ruas de Campo Grande, as pessoas não veem a hora do ano novo chegar e já se preparam para a virada. Mesmo sem festa, campo-grandenses procuraram lojas de fogos de artifícios para comemorar o fim de um ano tão sofrido e torcer pela chegada da vacina em 2021. 

Em uma loja de fogos de artifício na rua Sete de Setembro, no centro da Capital, havia fila de clientes. O comerciante Salvador da Silva Lima, de 67 anos, conta que vai passar o Natal com a família e pessoas muito próximas, mas quer comemorar para começar o ano novo mais leve. Após um ano tão difícil, ele sonha com a chegada da vacina.

O gerente de compras Gilson Kimura, de 48 anos, também procurou fogos de artifício. Ele conta que vai passar a virada em casa, somente com a esposa. “Esse ano é cada um na sua casa, por causa da pandemia. Espero um 2021 com vacina e esperança para todos os brasileiros”, disse.

Diego José da Silva, de 29 anos, é gerente de vendas e vai passar a virada do ano com amigos e familiares. “Vamos evitar aglomerar, mas vamos comemorar. Espero que seja um ano diferente e traga a vacina para todos”, disse. 

O vendedor Ademir dos Santos, de 33 anos, também vai passar o réveillon somente com pessoas mais próximas. Mesmo com a celebração reduzida, ele não quis abrir mão da tradição: comprou fogos, champanhe e preparou um banquete para comemorar.

“Foi um ano difícil, mas a esperança é a última que morre. Acredito que o sentimento e desejo de todos é que a vacina chegue logo”. 

Ano Novocot1NatalPandemiaSalvadorVacina