Projeto sobre mulheres indígenas é finalista de prêmio do CNMP

Lista dos trabalhos selecionados foi divulgada nesta sexta-feira (12)

Projeto desenvolvido pelo MPMS (Ministério Público de Mato Grosso do Sul) é um dos finalistas do Prêmio CNMP (Conselho Nacional do Ministério Público) 2019. A lista com os 27 trabalhos selecionados foi divulgada nesta sexta-feira (12).

Intitulado ‘Vozes: O Protagonismo das Mulheres Indígenas’, o trabalho desenvolvido em MS é voltado à orientação sobre violência doméstica contra comunidades indígenas. Conforme o MPMS, o trabalho visa o levantamento das condições de vida dos povos indígenas de Campo Grande e das mulheres que trabalham na Feira do Índio em frente ao Mercado Municipal. A proposta é pela utilização dos dados obtidos para melhor recomendar políticas públicas.

Inserido na categoria Direitos Fundamentais, ele foi selecionado dentre 1.034 projetos de todo o País. Promotora de Justiça, Luciana do Amaral Rabelo afirmou que a escolha do projeto como finalista demonstra a importância do olhar para as comunidades indígenas. A escolha dos vencedores nas nove categorias existentes no prêmio será em 22 de agosto, em congresso em Brasília (DF).

Instituído em 2013, o Prêmio CNMP busca dar visibilidade aos projetos desenvolvidos pelo Ministério Público nos estados. (Com assessoria)