Procura por vacina da gripe para todos lota postos no 1º dia e zera estoque na Vila Carlota

Secretaria de saúde orienta que população procure o local mais próximo de sua casa

A grande procura pelas doses da vacina contra gripe, tem gerado filas e espera nas unidades de saúde de Campo Grande. Segundo a Prefeitura, dos 68 locais onde a população pode se imunizar, a UBS (Unidade Básica de Saúde) da Vila Carlota teve seu estoque zerado no início da tarde desta segunda-feira (3)

Ainda de acordo com as informações, foram disponibilizadas cerca 50 mil vacinas para todos os públicos, disponíveis em todas as 68 unidades de saúde.

Fila sai da unidade nesta segunda-feira (Foto: Leonardo de França/Jornal Midiamax)

A distribuição de senhas, segundo informações da SESAU (Secretaria Municipal de Saúde) é para controlar o fluxo, e caso haja disponibilidade de profissionais e um local adequado as unidades de saúde tem autonomia para abrir salas de vacinação extras.

Conforme a secretaria, as unidades de saúde funcionam em diversos horários, portando, o ideal é a população procurar a unidade de saúde mais próxima e se orientar.

Vale ressaltar que a vacinação encerra nas unidades assim que acabarem as doses do local.

UBS Coronel Antonino

Na UBS Coronel Antonino, aproximadamente 150 pessoas aguardam na fila para receber a dose da vacina nesta tarde. O tempo médio de espera é de 1h10 por paciente. Entra as pessoas, estão adultos, crianças e também o público do grupo prioritário que não se vacinou até o dia 31 de maio.

Para a aposentada, Gogelina Amarilia, 64 anos, a vacinação é importante e ressaltou que não se vacinou antes por conta de uma gripe. “Eu fiquei muito gripada então me orientaram a procurar a vacinação depois que melhorasse. É muito importante. A fila tá andando rápido. Agora vou me vacinar. Para não correr o risco liguei antes na unidade e me informei”, disse ao Jornal Midiamax.

A dona de casa, Aretuza Rodrigues, 38 anos aproveitou para levar a filha de 10 anos para tomar a dose. “Nós duas viemos nos vacinar. Se levarmos em consideração tantos casos, o certo é se prevenir”, contou.

Já a corretora de imóveis, Regina Kopes, 48 anos, foi até a unidade sozinha e esperou 1h10 para chegar na porta da sala de vacinação. “Acho que não deveriam ficar tanto tempo vacinando apenas o grupo prioritário. Muita gente não comparece e tem outras pessoas que querem tomar a vacina. Eu vim preparada inclusive para esperar mais tempo, até que foi rápido”, explicou.

Vale lembrar que nas UBS e UBSF, o atendimento para vacinação acontece das 7h às 11h no período matutino e das 13h às 16h45 na parte da tarde. As unidades contam apenas com uma sala de vacinação, e o atendimento é feito de forma individual.

Veja vídeo.

 

doses vacinaVacinação Gripe