Faltando mais de 6 mil crianças para serem vacinadas, CRS tem movimentação fraca neste sábado

Campanha de vacinação contra pólio e sarampo já acabou, mas meta não foi atingida

Os pais e responsáveis que ainda não levaram as crianças de 12 meses  5 anos de idade para vacinarem contra a poliomielite e sarampo, não podem deixar de ir nos CRS (Centros Regionais de Saúde) neste sábado e domingo (14 e 15). Faltando ainda 6,6 mil crianças para se imunizarem, as unidades de saúde estão com movimentação fraca.

A reportagem do Jornal Midiamax foi em dois CRS e o que o encontrado foram bancos de esperava vazios e salas de vacinação atendendo aos poucos. No CRS do Nova Bahia, 12 crianças haviam sido vacinadas pela manhã e enfermeira responsável disse que a movimentação tem sido fraca em comparação com a semana anterior.

Solange Bezerra Ferreira, de 29 anos, levou o filho, de 8 meses, para vacinar ainda no começo da campanha e orientou os outros pais: “É importante trazer eles para se imunizarem e não deixar para última hora”, afirmou.

Deixar o filho para vacinar ‘em última hora’ não foi uma escolha de Lizandra da Costa, de 24 anos. A jovem disse que durante a campanha, o filho, de 1 ano, estava atualizando a caderneta de vacina com várias doses e a vacinação contra pólio e sarampo precisou esperar.

“No mês passado ele precisou tomar 4 vacinas, duas em cada perna. Aí a enfermeira pediu para esperar um pouco para vacinar novamente”, disse Lizandra. Aproveitando que o movimento estava bem reduzido, ela compareceu pela manhã no CRS do Bairro Tiradentes.

A imunização está sendo feita nos CRS do Nova Bahia, Tiradentes, Aero Rancho e Coophavilla.

Sem atingir meta

Campanha de vacinação contra o Sarampo e a Poliomielite terminou na última sexta-feira (14) e não atingiu a meta de vacinar 95% das crianças entre 1 e 5 anos de idade. Por isso, a Sesau (Secretaria Municipal de Saúde) disponibiliza, neste sábado (15) e domingo (16), salas de vacinação em quatro unidades de saúde de Campo Grande.

Na Capital, segundo levantamento da Sesau, 6,6 mil crianças ainda não foram levadas pelos pais ou responsáveis para tomaras doses.

Até o momento, segundo informou a pasta, a cobertura vacinal contra o Sarampo está em 85,55% e Poliomielite, em 86,06%. Ao todo, 47,5 mil crianças devem ser vacinadas. Neste ano, 14 casos suspeitos de Sarampo foram notificados, mas 10 deles já foram descartados.

póliopoliomielitesarampo