Midiamax
BUSCA: 
 Capa

 Últimas Notícias

 Pimenta no Reino

 Bastidores

 Transparência

 Política

 Polícia

 Emprego

 Tecnologia

 Esportes

 Geral

 Mundo

 Brasil

 Agronegócio

 Economia

 Cultura

 Cinema

 Entretenimento
Articulistas






Espaço do Leitor
Espaço do leitor
Blogs
 Alex Fraga

 Ana Cavalheiro

 Cozinha de Raízes

 Eugênia Amaral

 Falo Blogo Escrevo

 Festas e Eventos

 João Campos Online

 Papo de Pregão
 Fernando Soares
Mais Lidas
01 Boato sobre morte de 'Alexandrinho', suspeito de matar PM, gera alvoroço entre familiares

02 Polícia prende seis e descobre esquema de furto de carros em pátio de concessionária

03 Polícia captura dupla que 'tocou o terror' com assaltos seguidos em bairros de Campo Grande

04 Motorista morre a menos de dois quilômetros de casa depois de capotar carro na MS-145

05 Pela terceira vez em onze dias, viatura da PM se envolve em acidente na Capital

Acesso Fácil
Faça da Midiamax sua página inicial

10/10/2010 15:55

Envelopamento de carros pode gerar multas e perda de pontos na carteira

Aumentar texto Diminuir texto

Alessandra de Souza

Adesivagens parciais não precisam ser comunicadas no Detran

Virou mania em Campo Grande o uso de adesivos que literalmente "envelopam" os veículos. Inicialmente o preto fosco era a cor predileta, usada em carros da mesma cor. Agora, com a facilidade de outras tonalidades, os motoristas correm risco de pagar multa caso entrem na moda sem comunicar a alteração no Detran-MS.

A moda surgiu nos Estados Unidos, e o novo visual do automóvel pode trazer complicações com os fiscais de trânsito. Os condutores devem ficar atentos, pois quando há uma alteração da característica original do carro, ou quando a cor fica diferente da que consta no documento, é necessário registrar a mudança no Departamento Estadual de Trânsito.

Além de pagar uma vistoria do veiculo, é preciso emitir novo Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo e uma guia da alteração de característica do veículo. O motorista vai gastar 280,50 para fazer todas as alterações. O veículo que transitar irregularmente pelas ruas pode levar uma multa grave por R$ 127,69 e perder cinco pontos na Carteira Nacional de Habilitação.

O micro empresário Marcos Benites, de 37 anos, entrou na onda da adesivagem. Ele gastou R$ 75 para adesivar o capô e teto de um Corsa. “ Já tinha visto em outros carros e gostei. Só não vou envelopar o carro inteiro porque gasta mais e tem que ir ao Detran-MS. Seria necessário mudar muita coisa. Comprei três metros do envelope e colei sozinho”, conta.

O veículo identificado como preto no registro não precisa fazer alteração no documento para usar adesivo na cor preto fosco. É necessário fazer alteração quando o automóvel é alterado pela adesivagem completa do carro para outra cor.

O proprietário do veículo tem que solicitar alteração de característica do veículo por R$ 34,11. Emitir uma nova vistoria, que custa R$ 36,60, e solicitar nova guia do Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo por R$ 209.

Não é necessário fazer o procedimento burocrático quando o carro for adesivado apenas em partes como o capô e o teto, segundo a assessoria do Detran-MS.

Mercado aquecido

Em dois meses, o aplicador de adesivos Jonny Yan, de 25 anos, já envelopou 36 carros para a cor preto fosco.

“A mania de envelopar os carros começou nesse ano e era mais caro. Custava R$ 3 mil. Os preços ficaram menores devido aos pedidos terem aumentado. Agora cobro R$ 800 para carro da cor preta. Veículos de outras cores como um da cor prata e o cliente deseja alterar para a cor preto fosco é cobrado R$ 1 mil por causa do acabamento. Acredito que os motoristas estão querendo mudar a cor por causa do sol que desbota o capô do veículo. Para adesivar o capô ou teto, é cobrado R$ 75".

Segundo informações da assessoria da Ciptran, será verificada no documento do veículo a alteração da cor do veículo.

Constando alguma irregularidade o carro ou a motocicleta pode ser removido para o pátio do Detran-MS. A multa custa R$ 127,69, sendo considerada irregularidade grave para o motorista que transitar pelas ruas sem ter feito as alterações.



Comentários (12)

21/09/2013 16:20
Hank
Uma duvída, se eu mudar a cor do veiculo no detran, fazendo todo o procedimento correto, ele so muda a cor do veiculo no documento ou ele vem no documento no campo de observações "veiculo com alteração de característica: cor/ envelopado/etc...", alguém sabe me informar isso?

11/06/2012 12:30
Dj Edcarlos
Opa amigo, não tem problema não envelopa o carro, cento que seu carro esteja dento da lei do detran, sim vc vou envelopa o seu veiculo vc tem que deixa 75% da cor Original do carro, vc tbm pode envelopa 100% do veiculo mais tem que ser da mesma cor original, sim vc colocar outra cor, vc tem que ir ou detran é munda o nome da cor do carro

20/04/2011 21:39
manuel antonio
gostaria de saber se existem outras cores alem do preto, pois meu carro é grafite e gostaria de envelopa-lo nessa cpr

02/04/2011 11:27
Sergio Suannes
envelopei o meu veiculos para uma empresa que estou prestando serviços quanto posso cobrar pela propaganda

07/02/2011 19:01
RUBENS MELO
Envelopei meu carro.. Ficou show de bola!!! Só que hoje, fui renovar o seguro e a seguradora recusou fazer por causa do envelopamento.. Q m....

13/10/2010 13:20
Aline
Pra mim isso é só uma maneira do Governo tirar mais dinheiro do nosso bolso!

Próximo 
19h08
WhatsApp: Leitor encontra iogurtes vencidos em hipercenter da Capital
19h02
IV Semana de Conciliação ocorrerá de 11 a 15 de agosto em Campo Grande
19h01
Premiação que reconhece e difunde ações sociais de estudantes está com inscrições abertas
Entrevista
“Queremos fomentar o comércio e ajudar as associações a conquistar espaço”, diz presidente da Faems