Você está aqui

Turismo de MS será apresentado em feira de negócios na Colômbia

Evento acontece de 24 a 26 de fevereiro, em Bogotá

Os destinos turísticos de Mato Grosso do Sul estarão representados pela Fundação de Turismo na feira internacional de turismo Anato, que acontece de 24 a 26 de fevereiro, na capital colombiana Bogotá. A ideia da representação é alcançar principalmente o trade local.

A Anato é considerada o evento mais importante do turismo na Colômbia e um dos mais relevantes da América Latina. Permite que vendedores e compradores dos produtos e serviços turísticos da Colômbia e do mundo se reúnam para conhecer a oferta de aproximadamente 32 países e de todas as regiões. São aproximadamente 1.046 empresas expositoras, com cerca de 36.122 visitantes profissionais, sendo 762 operadores de turismo para realizar seus contatos e conhecer a diversidade da oferta turística para 2016.

No dia 25, o diretor presidente da Fundtur, Nelson Cinta, e a chefe de gabinete, Fernanda Bentasol, farão uma apresentação sobre o turismo sul-mato-grossense para os profissionais. Para o diretor presidente é importante a presença de MS nesse mercado. “Queremos apresentar Mato Grosso do Sul para os empresários colombianos e dizer que todos são muito bem-vindos para conhecer as belezas do nosso Estado”, destaca Cintra.

Ainda segundo o diretor-presidente, estar presente no evento é uma oportunidade de participar de conferências de negócios e atividades de atualização sobre a oferta turística internacional, reforçar relacionamentos, gerar novas relações e promover o posicionamento do Estado enquanto destino consolidado no segmento de ecoturismo reconhecido mundialmente.

Mercado Colombiano

A Colômbia ocupa o 3º lugar entre os países da América do Sul de mercados emissores para viagens ao exterior. Atualmente, 29 voos semanais ligam o Brasil à Colômbia. Os voos partem de Bogotá e chegam pelo Rio de Janeiro, Fortaleza e São Paulo. Durante a Copa do Mundo FIFA 2016 foi o 4º colocado na lista dos emissores de visitantes, sendo o 12º país que mais envia turistas ao Brasil.

Tópicos