Você está aqui

Na contramão da crise, gasto de estrangeiros no país cresceu 7% no primeiro semestre

Olimpíadas pode movimentar ainda mais

Raquel dos Passos

 

Apesar da crise, a entrada de capital estrangeiro no Brasil registrou o crescimento de 7% nos seis primeiros meses do ano. O gasto dos turistas internacionais alcançou a marca de US$ 3,16 bilhões este ano, segundo dados divulgados pelo Banco Central nesta semana. E com as Olimpíadas Rio 2016, esse percentual pode crescer ainda mais em agosto.

Para o ministro interino do Turismo, Alberto Alves, a expectativa é de que a abertura do Jogos Olímpicos no próximo dia 05, impulsione os gastos dos estrangeiros no país. “Será uma oportunidade para os visitantes de mais de 200 países descobrirem os nossos destinos e aproveitarem o que há de melhor nos serviços turísticos. Este será o momento de valorização no turismo nacional que impactará positivamente na economia brasileira”, afirma.

Ainda de acordo com o levantamento da Receita e Despesa Cambial Turística, se observado apenas o mês de junho, os US$ 402 milhões deixados pelos moradores de fora do Brasil no país correspondem a uma redução de 9,83% em relação ao mesmo período de 2015.

Tópicos