Você está aqui

Idosa de 91 anos morre atropelada em avenida no Tiradentes

Caso será investigado pela Polícia Civil

Idosa de 91 anos morreu atropelada no início da tarde desta quarta-feira (13), na Avenida José Nogueira Vieira, no bairro Tiradentes. Parentes afirmam que apesar da idade avançada, Verônica Ricaldes Fernandes vendia doces e era acostumada a andar sozinha pelas ruas.

Até o momento há duas versões sobre o acidente que ocorreu logo depois da idosa descer de um ônibus do transporte coletivo. Algumas testemunhas afirmam que a idosa teria sido atingida por um Fiat Uno quando ainda estava na calçada, outros afirmam que ela teria sido atingida já na pista. A condutora do veículo não se feriu, mas em razão de nervosismo foi socorrida até unidade de saúde.

Parentes de Verônica e moradores da região contaram ao Jornal Midiamax que a idosa era conhecida na região e tinha costume de andar pelas ruas vendendo cocada e pamonha. Ela também era atuante em uma igreja evangélica do bairro.

Equipe do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) foi acionada, mas quando os socorristas chegaram a idosa já estava morta.

Revoltados com o acidente, moradores da região afirmam que farão protesto contra a alta velocidade na avenida. Instalação de redutor de velocidade teria sido solicitado pelos moradores recentemente.

Marido da condutora do veículo, que se identificou como procurador de Justiça, chegou há pouco ao local e tentou pedir desculpas aos parentes de Verônica, no entanto, foi expulso por moradores.

O procurador estava acompanhado de outros dois homens e ordenou que um deles retirasse o veículo da esposa do local, antes do trabalho da Perícia. O acidente será investigado pela Polícia Civil.

A idosa, que era viúva, morava com uma das netas e um filho de 62 anos.

Tópicos