Você está aqui

Deputados criticam reajuste de pedágio apesar de duplicação atrasada da BR-163

Reajuste será de 8,6%

Os deputados estaduais criticaram nesta quarta-feira (13) o reajuste de 8,6% aprovado pela ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres) para a CCRMS Via, concessionária que realiza a duplicação da BR-163. Muitos reclamam do atraso nas obras.

O preço, que muda conforme a praça de pedágio, entra em vigor a partir desta quinta-feira (14). Paulo Siufi (PMDB) afirmou que o reajuste está na contramão da economia. “A crise está aí e é para todo mundo, não tem justificativa para aumentar. Tem que ter intervenção do Estado para rever esse aumento, que é impróprio. As obras estiveram paradas e agora estão atrasadas”.

Rinaldo Modesto (PSDB) disse ser contra o aumento, mas que a concessão é federal. “É um tema que eventualmente será debatido na Assembleia”. Beto Pereira (PSDB) acredita que a competência do parlamento estadual é ‘restrita’ e que o aumento é uma ‘afronta, mas que a questão deve ser suscitada pela bancada federal. “É uma afronta diante de obras em operação tartaruga. Certo é a bancada federal e o Ministério Público Federal denunciarem esse contrato”.

Junior Mochi (PMDB), presidente da Casa, disse que a comissão provisória que acompanha a concessão vai discutir a questão e dar sequência aos pleitos dos prefeitos do interior, com a participação da ANTT.

Coordenador da comissão, João Grandão (PT) afirmou que a Assembleia precisa interferir como fiscalizadora da empresa. “Antes de reajustar, tem que cumprir o que ficou combinado, como a instalação de um semáforo em Nova Alvorada do Sul e dar sequência às obras de duplicação”, pontuou.

Reajuste

Em Campo Grande, o preço vai de R$ 7,40 para R$ 7,80. Em Jaraguari, o aumento é de R$ 5,60 para R$ 6,00 e em São Gabriel do Oeste, o valor passa de R$ 5,50 para R$ 5,90. Em Rio Verde, aumenta de R$ 7,30 para R$ 7,80. No município de Pedro Gomes, sobe de R$ 5,40 para R$ 5,80.

Ao todo, um carro de passeio deixará de gastar R$ 55,40 e passará a pagar R$ 59,20.

Tópicos