Você está aqui

CPI da Propina ouve Marcio Monteiro na próxima semana

Comissão completou 60 dias sem ouvir ninguém

Após 60 dias de trabalho, a segunda fase da CPI da Propina vai começar no dia 20 com a oitiva do secretário de Estado de Fazenda, Marcio Monteiro, às 15h30, no plenarinho da Assembleia Legislativa. Ele será o primeiro a depor na comissão. A data da oitiva foi confirmada durante a reunião desta quarta-feira (13).

O presidente da comissão, Paulo Corrêa, afirmou que 90% das notas fiscais envolvendo a JBS em Mato Grosso do Sul foram analisadas e que o momento é de começar as oitivas.

“Agora, com as provas constituídas, com o relatório das notas repetidas em mãos e entendendo o que foi feito e o que não foi feito, damos início a segunda etapa. Na próxima semana está agendada a vistoria na unidade de Coxim, mas acredito que, como aconteceu nas outras, eles devam confessar que não cumpriram o acordo. Independente disso nós vamos ouvir o Secretário Márcio Monteiro”, disse Paulo Corrêa.

Os membros da CPI também aprovaram um requerimento apresentado pelo deputado Pedro Kemp (PT) que solicita ao governo do Estado a publicação de decreto regulamentando a Lei nº 12.846/13, conhecida como Lei Anticorrupção.

Ele acredita que a regulamentação será importante para o estado solicitar o ressarcimento dos prejuízos que teriam sido causados pela JBS no estado.

Tópicos