Você está aqui

Violento, traficante Pablo é preso enquanto fumava maconha

Esposa e irmão também foram presos

  • Pablo resistiu à prisão e já teria ameaçado moradores do Nova Campo Grande. (Foto: Ana Paula Chuva)
  • Edivaldo dos Santos Chagas Júnior, que é irmão de Pablo também foi preso. (Foto: Ana Paula Chuva)

Policiais da Denar (Delegacia Especializada de Repressão ao Narcotráfico) prenderam, na última sexta-feira (17), Pablo Renan Arcoverde dos Santos Chagas, 20, responsável por abastecer pequenas bocas de fumo, no Bairro Nova Campo Grande e conhecido pela violência. O irmão Edivaldo dos Santos Chagas Júnior, 18 e a esposa Débora Evelin Gonçalves Alves, de 22, grávida de sete meses, também foram presos.

A esposa de Pablo foi solta em audiência de custódia, nesta segunda-feira (20).

Conforme o delegado Rodrigo Yassaka, a prisão do trio ocorreu, depois da prisão de Ian de Araújo, 19, no último dia 27 de janeiro, pela PM (Polícia Militar). À época, o traficante disse que seu fornecedor seria Pablo, mas a polícia não o localizou no endereço informado, também no Bairro Nova Campo Grande.

“Ele tinha acabado de sair, mas dentro da casa a polícia encontrou balança e materiais utilizados na preparação da droga”, explica o delegado.

Desde então, Pablo se tornou foragido e em meados de fevereiro, se apresentou com um advogado, confirmou que morava no endereço, mas negou participação no crime. Na conclusão do inquérito, o delegado representou pela prisão preventiva de Pablo, que foi decretada na quinta-feira (16).

PRISÃO

Na sexta-feira (17), com o mandado de prisão preventiva, uma equipe da Denar foi até os dois endereços informados, mas não o encontrou. Com informações de testemunhas, a polícia chegou até a Rua Trinta e Quatro, no Nova Campo Grande e flagrou, Pablo, o irmão e a esposa fumando maconha.

Na casa a polícia apreendeu petrechos de preparação da droga, como balança e 13,4 gramas de maconha. No quarto, sob a penteadeira cerca de 100 gramas de pasta base de cocaína, em papelotes.

Ao ver a esposa recebendo voz de prisão, Pablo resistiu à prisão e foi necessário o uso de força física para segurá-lo.

O trio vai responder por tráfico de drogas. Além do tráfico, Pablo responderá por resistência.

VIOLÊNCIA

Pablo é conhecido na região pela violência, inclusive, já havia ameaçado moradores com arma de fogo.

A Polícia orienta que as vítimas ameaças por Pablo, procurem a polícia para registro de ocorrência.

Tópicos