Você está aqui

Vendedor ambulante é perseguido e executado a tiros de fuzil na fronteira

Suspeitos fugiram para Ponta Porã

Um vendedor ambulante, identificado como Lauro Santiago Escobar Duarte de 21 anos, foi executado a tiros de fuzil e pistola na fronteira entre Paraguai e Mato Grosso do Sul, na tarde desta terça-feira (19). Os autores dos disparos chegaram a casa da vítima em uma caminhonete Toyota Hilux e após o crime fugiram em direção a Ponta Porã.

O caso aconteceu por volta das 17h30. Lauro estava com um grupo de amigos em frente a sua residência, em Pedro Juan Caballero, quando os autores chegaram em uma Hilux prata. Dois homens teriam descido do veículo armados com fuzis. Neste momento, o rapaz tentou fugir.

Segundo o site Porã News, Lauro correu cerca de 200 metros e foi perseguido pelos pistoleiros. Na tentativa de fuga, o rapaz entrou em uma carpintaria, onde foi cercado e executado com vários tiros de fuzil 5.56 e pistola 9mm. Ainda conforme a imprensa local, os disparos foram feitos contra a cabeça do jovem.

Após o crime, os suspeitos voltaram para a caminhonete e fugiram em direção a Ponta Porã, cidade a 318 quilômetros de Campo Grande.

Conforme informações de agentes da Polícia Nacional de Pedro Juan Caballero, Lauro era vendedor ambulante e até o momento não há informações sobre a motivação do homicídio. 

Tópicos