Você está aqui

Travesti campo-grandense é assassinada logo após se mudar para o Paraná

Jovem foi esfaqueada no abdômen

  • (Reprodução / Facebook)
  • (Reprodução / Facebook)
  • (Reprodução / Facebook)

Uma travesti campo-grandense de 24 anos foi assinada com uma facada na madrugada desta segunda-feira (8) na cidade de Maringá, no Paraná. A jovem identificada como Thiemy Oliveira, também conhecida como Joyce, morava na Capital e havia se mudado há cerca de três meses, de acordo com a mãe, Edivete Manoel João, de 47 anos.

Informações do Jornal Massa News dão conta de que Thiemy foi esfaqueada na região no abdômen. Por causa da profundidade do corte, as vísceras da transexual ficaram à mostra. Acionado, a equipe do Corpo de Bombeiros chegou a fazer os primeiros socorres, porém, Thiemy não resistiu e morreu dentro da ambulância.

A ocorrência foi registrada 15 minutos depois de um homem também ser esfaqueado na mesma região onde o crime aconteceu. De acordo com informações da Polícia Militar, a jovem teria sido ferida durante uma tentativa de assalto, contudo a informação ainda não está confirmada. A Polícia Civil registrou o caso e vai investigar se os casos estão relacionados.

No Facebook de Thiemy, diversos amigos fizeram publicações lamentando a morte da transexual.  “Que tristeza acordar e receber uma notícia desta. Sempre alegre, divertida, levo boas memórias de convivência contigo, vai deixar saudades”, desabafa um jovem. 

*Matéria alterada às 19h52 para correção de informações 

Tópicos