Você está aqui

Site que avalia startups sai do ar e investidores suspeitam de golpe

Responsável seria ex-candidato a vereador

Site da empresa New HopeX, que teria sede em Cuiabá-MT, saiu do ar na madrugada desta sexta-feira (29) e investigadores, entre eles dezenas de campo-grandenses, suspeitam de golpe. A empresa atrai pessoas para o esquema de avaliação de startups – ideias inovadoras - com promessa de ganhos diários e retornos de investimentos de até 300%.

Apesar de todo o esquema do negócio apontar a pirâmide financeira, os representantes usam a avaliação de novas ideias e pagamento em bitcoins como forma de 'mascarar' a prática proibida no Brasil. Um ex-candidato a vereador na cidade de Cuiabá-MT, que se intitula presidente do grupo, teria comprado casas e carros de luxo, além de realizar uma festa luxuosa de casamento, antes de desaparecer e o site sair do ar. 

Os participantes estão sem respostas sobre o que pode ter acontecido e boa parte deve registrar um boletim de ocorrência, na tarde desta sexta-feira. Ainda não há registros do golpe na Polícia Civil de Campo Grande. Um campo-grandense, que preferiu não se identificar, disse que entrou na empresa há dois meses e chegou a investir R$ 3 mil. “Peguei dinheiro emprestado a juros para investir com o objetivo de ganhar uma porcentagem de 1,5% por dia, fora final de semana, isso daria em média R$ 900 por mês. Conseguir realizar dois saques de R$ 700 e hoje tive essa péssima surpresa”, explicou.

O investidor explicou a reportagem que, basicamente, a empresa colocava no site as startups – ideias novas de aplicativos - para que os cadastrados avaliassem. Caso mais de 80% dos participantes avaliassem de forma positiva, a empresa, no caso, a New HopeX investiria na startup tornando a ideia um sucesso como, por exemplo, o WhatsApp.

“Entre os supostos líderes do negócio uns diziam faturar R$ 4 mil diário, outros R$ 8 mil. Para sacar você teria que atingir uma média superior a R$ 500”.

Em julho, um site publicou um texto que mostra detalhes do golpe da empresa.

“Vamos ser sinceros com você… pois… ao contrário dos PIRAMIDEIROS da NEWHOPEX, não ganhamos por mentir. Não acredite em nada do que dizem. É mais um golpe. Ao fim de alguns meses quebra e inventam novas mentiras. Lembre-se! Somos gurus de Pirâmides Financeiras. Se conseguissem ganhar mais de 300%, não precisariam do seu dinheiro ou de mentir. Pelo contrário, estariam milionários a esta altura”, diz um trecho da publicação.

Em outro trecho, o post explica que a empresa aplica golpes no esquema ponzi, que teria sido criado por golpistas Brasileiros em 2017. O texto ressalta que o saque mínimo de R$ 500 é feito de propósito, para que quando as vítimas tentem sacar a empresa já tenha quebrado.

Há pelo menos 25 mil pessoas cadastradas na empresa, que teria a sede em Cuiabá-MT. O Jornal Midiamax teve acesso a um dos grupos de WhatsApp com mais de 200 investidores, de diversos estados do Brasil. A reportagem tentou contato por telefone com o presidente, mas ele não atendeu as ligações.

Aos investidores, o presidente encaminhou nota esclarecendo que o site foi hackeado e que já tomou as providências cabíveis. Em um áudio compartilhado entre os grupos, o responsável faz um convite a todos os investidores para uma uma live no perfil oficial da empresa no Facebook, às 22h, desta sexta-feira.

Nota Oficial NewHopeX

Sobre Ressarcimento através de títulos responsabilidade bancária ao portador:

Afiliado que por algum motivo se sinta prejudicado e queira resolver de forma administrativa, será ofertado ao mesmo títulos de crédito ao portador com valor do seu plano sem levar em consideração quanto já resgatou.

Mas não terá mais direito ao ingresso na comunidade tão pouco direito de cobrar mas nada.

Sobre o negócio Newhopex:

Estamos estuando a melhor forma possível para voltar às normalidades

Sobre Ingressar coletivamente uma ação de danos civil e criminal a TRIOXWEB:

Aos afiliados que queiram paralelamente junto a newhopex ingressar uma ação pública contra a TrioxWeb pedindo ressarcimento de todos os prejuízos e mais danos morais e materiais para isso deverá cadastrar e terão direito a parte sob a causa transitado julgado procedente com os valores aplicado pelo juiz como forma de pena

Sobre Soluções quanto ao sistema hackeado:

Estamos trabalhando e buscando soluções por hora, Ainda levantando os prejuízos processuais admin com prazo de conclusão segunda feira 30/09

Sobre Medidas a serem aplicadas a afiliados que infringir o código de ética newhopex:

Afiliado que por ventura aplicar golpes aproveitando da fragilidade do próximo, ameaçar em publico ou qual quer fato que atinge a moral do próximo será excluído sem direito de cobrar nada administrativamente cabendo apenas meios jurídicos!

Sobre Medidas a serem aplicadas a afiliados que por conta e sem está a par e a razão resolver busca meios cabíveis e judiciais conta a Newhopex:

Afiliados que por algum motivo e por conta procurar outros meios a não ser este de forma administrativa e consensual será automaticamente findado a relação de comunicação para que possamos defender no âmbito da esfera buscada do afiliado como por ex: cíveis e criminal!

(Matéria editada às 16h15 para inclusão de informações)

 

Tópicos