Você está aqui

Rota do tráfico: PF apreende maconha, fuzil e 20 granadas que iriam para o RJ

Ação ocorreu na BR-060, em Campo Grande

Policiais federais da Delegacia de Repressão a Entorpecentes interceptaram hoje uma carga de 245 quilos de maconha, que saiu de Pedro Juan Caballero, na fronteira do Paraguai com Mato Grosso do Sul, e iria para o Rio de Janeiro. O que mais chamou a atenção não foi a droga, mas sim o fato de que, no meio do entorpecente, que estava no fundo falso de uma van, havia vinte granadas, um fuzil Fal 7.62, de uso restrito das Forças Armadas, e dois carregadores.

A ação aconteceu na BR-60, que leva a Sidrolândia, cidade que é caminho para Maracaju, que por sua vez faz parte de um dos trajetos para chegar até o Paraguai.

Segundo a PF divulgou, a carga de droga, o armamento e os explosivos eram transportados sob fundo falso do assoalho de uma van Renault com de placas de Aquidauana/MS. O veículo foi localizado já nas proximidades do perímetro urbano de Campo Grande, próximo a uma rotatória.

No local da abordagem, foi descoberta a droga e o veículo e motorista foram levados para a sede da PF. Lá, a vistoria mais detalhada levou até o restante do carregamento.

Prisão em flagrante

O motorista, de 40 anos, que foi preso, revelou, conforme a PF, que pegou o material em Pedro Juan, e seguiria para o Rio de Janeiro. Ele disse, ainda segundo divulgou a corporação, que receberia R$ 10 mil ao entregar a carga.

Foi preso enquadrado nos crimes de tráfico internacional de drogas e tráfico internacional de armas. De acordo com a Polícia Federal, ele é morador em Campo Grande.

 

Tópicos