Você está aqui

Rapaz procura médico um dia depois de ser baleado por desafeto

Crime ocorreu próximo a linha férrea

Cerca de um dia depois de ser baleado, rapaz de 33 anos procurou atendimento médico e situação virou caso de polícia em Sidrolândia, a 70 quilômetros de Campo Grande.

Durante a madrugada de sábado, conforme boletim de ocorrência, a vítima teria sido atingida por desafeto ao sair de lanchonete e transitar pela Rua João Marcio Ferreira Terra. 

Funcionários do hospital do município acionaram os policiais em decorrência do ferimento na panturrilha esquerda. Suspeito foi identificado como “Catucho”.

Ocorrência teve registro, na delegacia de polícia local, como homicídio simples na forma tentada.

 

Tópicos