Você está aqui

Polícia paraguaia prende 4 membros do PCC envolvidos em atentado contra penitenciária

Foram detidos em Pedro Juan Caballero

Agentes da Polícia Nacional do Paraguai prenderam nesta sexta-feira (8) quatro membros do PCC (Primeiro Comando da Capital), a maior facção criminosa atualmente operante em todo o Brasil. 

Entre os detidos em uma casa na cidade de Pedro Juan Caballero, está Rafael Gustavo dos Santos, 23, conhecido pelo apelido de "Ponto 50". Ele é acusado de envolvimento na tentativa de homicídio de um agente penitenciário do Estado do Paraná. 

O atentado aconteceu no último dia 13 de junho, em Toledo (PR) - cidade do oeste paranaense, distante 457 km de Curitiba. No local, policiais paraguaios encontraram fotografias dos suspeitos posando com armamento pesado. 

No mês de agosto, em uma ação de cooperação de inteligência, a Polícia Nacional do Paraguai prendeu e deportou 14 integrantes do PCC. A operação, que contou com ajuda de órgão brasileiros, também foi realizada em Pedro Juan Caballero. 

Tópicos