Você está aqui

PMA fecha rinha de galo e multa infrator em mais de R$ 9 mil

No local, foram encontrados 19 galos

Uma equipe da PMA (Polícia Militar Ambiental) fechou uma rinha de galo, nesta terça-feira (14), após realizar uma vistoria em uma residência, em Anastácio, cidade que fica a 134 km da Capital. No local, a polícia encontrou 19 galos presos em gaiolas de madeira apertadas com restrição de movimentos, privação de luz solar e circulação aérea inadequada. O homem de 23 anos foi multado em R$9.500 e responderá por crime ambiental.

De acordo com a PMA, os animais apresentavam vários ferimentos na crista, peito e em outras partes do corpo. Todas as aves aparentavam ter sido mutiladas com as esporas cortadas, sinais característicos de animais que são utilizados para rinhas. No local, ainda foi encontrada uma arena para as brigas.

A polícia também encontrou produtos veterinários que são usados para medicação de animais feridos nas brigas. Os galos, caixas e medicamentos foram apreendidos.

O homem que estava no local, proprietário dos galos, foi autuado e multado em R$ 9.500 além de ter sido encaminhado para a Polícia Civil da cidade. O proprietário deve responder pelo crime ambiental de maus-tratos a animais, com pena prevista de três meses a um ano de detenção.

Tópicos