Você está aqui

Na contramão, caminhonete bate em moto e motociclista morre carbonizado

Carro foi arrastado por cerca de 80 metros

Leandro Pinheiro, de 28 anos, morreu carbonizado após sofrer um acidente por volta das 20h15 desse sábado (15), na BR-262, a cerca de 30 quilômetros de Campo Grande, próximo de Ribas do Rio Pardo. Informações preliminares indicam que a moto foi atingida por uma caminhonete L-200 que teria invadido a pista. 

Segundo o delegado Hoffmann D'avila, da Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Piratininga, com o impacto da colisão, a caminhonete foi arrastada por aproximadamente 80 metros. A moto foi lançada no matagal e pegou fogo. O motociclista morreu carbonizado. 

Na caminhonete estavam o condutor, um empresário de 55 anos, uma mulher e duas crianças - que deixaram o local do acidente -. Os ocupantes da L-200 não sofreram ferimentos.

De acordo com informações oficiais, o condutor admitiu ter ingerido bebidas alcoólicas e disse que o motociclista tentou fazer uma ultrapassagem indevida e provocou o acidente, no entanto, o delegado ressalta que não há indícios que comprovem a versão do condutor.

O motorista foi preso em flagrante e indiciado por homicídio doloso. Uma audiência de custódia será realizada nesta segunda-feira (17).

Tópicos