Você está aqui

Morto achado em matagal teria estuprado jovem com problema mental

Mãe teria flagrado estupro

Antônio Luís Rampagni de Moraes, de 44 anos, encontrado em morto em uma estrada de chão, na BR-262, em Anastácio, a 134 quilômetros de Campo Grande, no último domingo (28) teria sido denunciado por estupro dez dias antes.

‘Luizinho’ como era conhecido estava morando na Capital, e era catador de recicláveis. Segundo informações do site O Pantaneiro, a mãe da jovem que tem problemas mentais teria flagrado o autor e a vítima sem roupas. Ela fez a denúncia.

Em 2016, ele cumpriu pena no semiaberto da Gameleira, sendo que em 2014 respondeu por furto cometido, além de ser investigado por uma tentativa de estupro, violência doméstica e ameaça.

Não foi possível determinar a morte ou se no corpo havia sinais de violência, devido ao estado avançado de decomposição.

 

Tópicos