Você está aqui

Irmão mata o outro a facadas durante briga em frente de casa na Capital

Acusado está foragido

José Edno da Silva Arce, 53 anos, foi morto a facadas na Vila Progresso, na Capital, por volta das 13 horas desta quarta-feira (11), e o principal suspeito é o irmão. Os dois teriam começado a discutir dentro de casa e na rua, um deles foi morto. O acusado de cometer o crime está foragido.  

A vítima foi atingida com duas facadas no tórax e uma no ombro. O Corpo de Bombeiros foi acionado e fez os primeiros socorros, mas José não resistiu aos ferimentos e morreu na frente da casa do irmão.   Conforme disse o delegado Rodrigo Camapum, a polícia já faz diligências em busca do suspeito.  

De acordo com o delegado, o motivo da briga ainda é desconhecido, mas o caso deve ser esclarecido com o depoimento da ex-namorada de José, que estava com a dupla. Familiares estiveram no local, e estavam visivelmente abalados com o crime. 

Um vizinho, que preferiu ter seu nome mantido em sigilo, afirma ter visto os dois irmãos com uma faca na mão, brigando em frente a casa. Segundo ele, essa foi a primeira vez que a briga foi em público, mas que a vizinhança já conhecia a história de que dois não se davam bem.

Uma amiga da família também confirmou a desavença, e completou que as discussões eram “frequentes”. A informação é de que os dois estavam ingerindo bebida alcóolica quando começaram a brigar. 

O caso está sob a investigação da Depac centro (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário). 

 

Tópicos