Você está aqui

Golpista é preso com dinheiro e documentos de médico falsos na fronteira

Estava com R$ 3.700 falsos

Foi preso nesta terça-feira (17), um homem de 42 anos, na fronteira da Bolívia com Corumbá- distante 444 quilômetros de Campo Grande, com dinheiro falso, revólver, além de documentos falsos de médico e advogado.

Ele foi preso durante uma fiscalização da Receita Federal. Com ele foram encontrados um simulacro de arma de fogo, R$ 3.700 em notas falsas e uma carteira da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) e uma carteira do CRM (Conselho Regional de Medicina de São Paulo) falsos e também um diploma de medicina falso.

Ainda de acordo com o site Diário Corumbaense, o homem já teria sido preso outras duas vezes por estelionato, falsidade ideológica, quando exercia ilegalmente a medicina. Ele foi levado para a delegacia de polícia.

Tópicos