Você está aqui

Arsenal pego em ‘casa de reuniões’ do PCC tem até fuzil do Exército

Ação prendeu quatro integrantes da facção

Em meio ao arsenal apreendido com quatro supostos integrantes do PCC (Primeiro Comando da Capital), em Ponta Porã, agentes da PF (Polícia Federal) encontraram até um fuzil com emblema do Exército Boliviano. Presos não tiveram os nomes revelados.

Entre as armas, carregadores e munições, todas de uso restrito, as equipes apreenderam pistolas com calibre 5.7 mm, 9 mm e .40, além de outros dois fuzis calibre 7.62.

A prisão dos supostos integrantes ocorreu durante cumprimento de mandado de busca e apreensão na casa utilizada pelo tráfico transnacional de drogas e armas, além de organização criminosa.

Conforme o apurado, o imóvel era utilizado por integrantes do Primeiro Comando da Capital (PCC) para reuniões e encontros, que visavam a tomada de decisões e ações sobre o tráfico de drogas nesta região de fronteira, bem como a disputa pelo domínio do território. Além disso, o local servia de acomodação a membros do alto escalão da facção criminosa paulista.

Durante as buscas, foram apreendidas duas armas longas, três pistolas, grande quantidade de munições e carregadores, além de coletes balísticos, dinheiro e maconha. Também foram apreendidos outros objetos relacionados aos crimes e dois veículos utilizados pelos criminosos, dentre eles uma caminhonete blindada.

Tópicos