Você está aqui

Operação envolve Exército para prender 9 flanelinhas em Campo Grande

Foi feito uma operação conjunta com o Exército Brasileiro

Nove flanelinhas, foram detidos na região da Igreja Perpétuo Socorro em Campo Grande, por exercício ilegal da profissão, pelo fato de nenhum deles ter cadastro no Ministério do Trabalho.

Consta no boletim de ocorrência que foi feita uma operação conjunta com o Exército Brasileiro na região da vila, clube militar e nas imediações da Igreja Nossa Senhora do Perpétuo Socorro e da Faculdade Facsul.

Durante a operação, os flanelinhas foram abordados e foi verificado que não têm nenhum registro profissional, caracterizando o exercício ilegal da profissão de cuidador de carros. Também foi constatado que os autores estariam constrangendo os frequentadores da igreja e universitários da faculdade.O caso foi registrado na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário), Centro.

Tópicos