Trocou de órgão e defendeu antigos subalternos, agora terá de responder.

Desabafo público expõe sanha de grupos que se degladiam e atrapalham.

Oi?

.

RIFs não deixam margem para manobra de escapatória em MS.

Vampiros dos cofres públicos ignoram momento de cortes e querem mais.

Flagrante em vídeo teria deixado sujeito em situação irremediável.

Nova trapalhada de órgão comprova submissão publicamente.

Investigador assume cargo com amigo na mira e chefe se diverte.

'Saidinho' colocou lombo do maninho na reta com direito à pirotecnia de sempre.

Dança de cadeiras de olho em 2018 deve surpreender grupos empolgados.

Promissor baluarte no combate à corrupção jura que foi usado sem perceber.

Servidores sem rabo preso colocaram senhores no fim da fila.

Nomeação de administrativo com 'nome de carrão' já é conhecida...

Para uns muito, para outros...

SEM CACIFE...complicador

CRESCEU ... mas nem tanto

Acordão 'frustra sonhos'

ÁGUA NO CHOPP ... será?

INGRATO anfitrião de jantar

MENOS PODER? ... primeira derrota

OLHO CLÍNICO...certíssimo em prevenir

BALCÃO DE NEGÓCIOS ....'medicina' proativa

Servidora denunciada por colegas voltará a ocupar função que lhe concede a chave do cofre 

Pode não ter figurado entre investigados, mas apareceu nas apurações

Apurações terão outro comando após suposta ofensa  

Promessa de boa remuneração a ex-candidato desperta dúvidas a interlocutores

Suposto esquema antigo com consignação pode virar novo escândalo.

Corte obrigatório deve gerar crise e corporativistas já se armam.

Usinas teriam cumprido missões pouco honrosas por aqui.

Cidadão 'de bem' em MS declarou imóveis com valor simbólico.

Corporativistas terão de explicar abusos que inflam os ganhos.

Telefonemas natalinos antecipam reconciliações políticas?

Equipe cumpriu ordem para agradar todos com brindes e pagou o pato.

Manobras para esconder encontros ficaram mais difíceis após trapalhada.

Desculpa do dinheiro embaixo do colchão volta a ser usada em MS.

Quem deve teme até hospedagem de grupos suspeitos na Capital...

'Naranja' falou demais e azedou suco da galera.

Enfiaram 'sigilo' goela abaixo para justificar diárias que engordam altos salários.

Alvos 'seletos' reforçam suspeita de uso político em investigações.

Caso rumoroso das eleições será fechado e deve pedir salário de volta.

Assessores aguentaram chefe irritado por ficar na plateia em evento.

Próximos capítulos anticorrupção devem ter políticos presos em MS.

Assessora já constrange gabinete inteiro com cobranças.

Exonerada mantém a renda e maridão finalmente desconfia.

Senhora pulou na frente de caso rumoroso e deve responder a famigerado 'conselhão'.

'Saidinho' colocou lombo do maninho na reta com direito à pirotecnia de sempre.

Dança de cadeiras de olho em 2018 deve surpreender grupos empolgados.

Promissor baluarte no combate à corrupção jura que foi usado sem perceber.

Servidores sem rabo preso colocaram senhores no fim da fila.

App MidiaMax disponível para Download

Fique conectado a partir do seu celular!

Clique e faça download agora mesmo