Midiamax
BUSCA: 
 Capa

 Últimas Notícias

 Pimenta no Reino

 Transparência

 Política

 Polícia

 Emprego

 Tecnologia

 Esportes

 Geral

 Mundo

 Brasil

 Agronegócio

 Economia

 Cultura

 Cinema

 Entretenimento
Articulistas



Blogs
 Fernando Soares
Mais Lidas
01 Servidor do Detran se envolve em acidente com cerveja no carro e tenta ‘carteirar’ PM

02 Na Câmara vereador barra projeto polêmico de colega e atitude provoca piadas na Casa

03 Adolescentes 'sapateiam' sobre viaturas da PM em Campo Grande e postam fotos no Facebook

04 Maestro de banda é denunciado por suspeita de assediar três meninas

05 Mulher deixa filho e sobrinho trancados em carro e acaba na delegacia em Campo Grande

Espaço do Leitor
Espaço do leitor
Acesso Fácil
Faça da Midiamax sua página inicial

12/02/2014 12:13

Paulo André aceita proposta de time da China e deixa Corinthians

Aumentar texto Diminuir texto

Uol/GA

Paulo André não vai mais jogar pelo Corinthians. Na última terça, o zagueiro aceitou uma proposta do Shanghai Shenhua, da China, e rescindiu seu contrato com o clube. A decisão foi tomada pelo jogador após ele ter sido avisado pelos dirigentes que seu compromisso não seria renovado no fim do ano.

A informação foi divulgada na noite da última terça pelo diário Lance!, e confirmada ao UOL Esporte nesta quarta pelo empresário do jogador e pelo próprio Corinthians. O Shanghai Shenhua, novo time do Paulo André, foi oitavo colocado do Campeonato Chinês de 2013. Como o próprio nome diz, a sede do clube fica em Xangai, na metrópole chinesa com mais de 20 milhões de habitantes.

O zagueiro tinha contrato com o Corinthians até o fim de 2014, mas como sabia que não seria renovado, decidiu sair. Como o clube detém apenas 30% dos direitos econômicos do atleta, os dirigentes não colocarão empecilhos para a saída.

Paulo André chegou ao Corinthians em 2009 e demorou algum tempo para se firmar como titular do time. Foi peça fundamental na campanha do Corinthians em 2012, quando o clube conquistou a Libertadores de forma inédita e posteriormente levantou o troféu do bicampeonato Mundial, após vitória sobre o Chelsea na final.

Fora de campo, ele é um dos maiores defensores do Bom Senso FC, movimento que luta pela melhoria do futebol brasileiro em diversos aspectos, como uma reforma no calendário de jogos. No início do ano, criticou (junto ao movimento) a CBF e ameaçou uma greve dos jogadores.

Comentários (0)

 
Deixar comentário
13h57
Presidente do Real Madrid descarta contratação de Lucas Silva em janeiro: 'Não é urgente'
19h00
Recordista estadual dos 50 m costas desde 2007, Bob conta que hoje compete para estimular os alunos
Loteria
Dois levam prêmio de R$ 8 milhões da Mega-Sena
Entrevista
Diretor do CRA fala da importância do profissional administrador na gestão pública