Midiamax
BUSCA: 
 Capa

 Últimas Notícias

 Pimenta no Reino

 Bastidores

 Transparência

 Política

 Polícia

 Emprego

 Tecnologia

 Esportes

 Geral

 Mundo

 Brasil

 Agronegócio

 Economia

 Cultura

 Cinema

 Entretenimento
Articulistas






Espaço do Leitor
Espaço do leitor
Blogs
 Alex Fraga

 Ana Cavalheiro

 Cozinha de Raízes

 Eugênia Amaral

 Falo Blogo Escrevo

 Festas e Eventos

 João Campos Online

 Papo de Pregão
 Fernando Soares
Mais Lidas
01 Vítima de acidente fatal envolvendo carro e ônibus no macroanel é identificada

02 Homem esfaqueia amigo depois de brincarem de quem teria coragem de matar o outro

03 Em MS, sogros conseguem na Justiça tirar nora de apartamento após fim de relacionamento

04 Dupla armada mata três pessoas a tiros em Pedro Juan Caballero e foge para o Brasil

05 Duas mulheres e criança estavam na loja durante assalto que terminou em morte de PM

Acesso Fácil
Faça da Midiamax sua página inicial

23/01/2014 18:17

Funcionário do Hospital Regional é flagrado e foge após furtar material hospitalar

Aumentar texto Diminuir texto

Wendy Tonhati e Diego Alves


Um funcionário do Hospital Regional Rosa Pedrossian é suspeito de  tentar furtar R$ 5 mil em produtos hospitalares, na tarde desta quinta-feira (23). O auxiliar de serviços hospitalares Elias Domingos da Silva, 33 anos, tentou levar 15 caixas com produtos como seringas, luvas, esparadrapos, medidor de glicemia, entre outros. O funcionário foi flagrado no estacionamento no momento que tentava sair do hospital no próprio veículo. Ao ser descoberto, ele abandonou o carro no estacionamento e fugiu a pé.

De acordo com Rodrigo Aquino, o diretor do hospital, já havia uma suspeita sobre o funcionário, por isso, a equipe de segurança e administração começou a realizar  monitoramento dentro do hospital, e nas entradas e saída dos veículos. Ainda conforme Aquino, o monitoramento também foi reforçado por conta dos casos de furtos de veículos no ano passado no hospital.

No fim da tarde, quando o funcionário estava saindo com o carro, quando os seguranças perceberam que havia produtos suspeitos no carro e fecharam as guaritas. Silva tentou fugir pela contramão, posteriormente subiu em um canteiro e estourou o pneu do veículo que conduzia.  Ele abandonou o carro e fugiu a pé, numa saída de pedestres pela Rua Arquiteto Vila Nova Artigas.  A cena foi presenciada pelo diretor administrativo financeiro do hospital, Rudney de Araújo Leal e pelo técnico de programação Ivoneis Macedo.

A administração do hospital disse ainda que as suspeitas sobre Elias vêm desde o ano passado, quando uma caminhonete furtada foi apreendida pela polícia. A pessoa que foi presa com o veículo relatou que tinha comprado o veículo do auxiliar. Os policiais foram até a casa dele e encontraram produtos hospitalares similares aos que foram furtados. 

A Polícia Militar foi acionada e está realizando buscas na região para tentar encontrar o auxiliar de serviços hospitalares. Conforme a administração, os produtos estão avaliados em  R$ 5 mil.

Segurança – Segundo o diretor administrativo financeiro do hospital serão instaladas dez câmeras de segurança no hospital. Também estão em processo de licitação uma cancela eletrônica para controlar a entrada e saída no estacionamento do hospital.



Comentários (2)

23/01/2014 19:52
GUERREIRO
ISSO É FIM DO FIM,,OS HOSPITAIS,POSTOS DE SAÚDE,JÁ NÃO TEM RÉMÉDIOS,,E OQUE TEM OS FUNCIÓNARIO ROUBAM MEU,,ONDE NÓS VAMOS PARA,EM,,ELE NÃO ESTA ROUBANDO O HOSPITAL,,É O POVO,,,

23/01/2014 19:37
Kitana
São pessoas assim que fazem com que o sistema não funcione e que dá má fama aos servidores públicos, que vergonha. Espero apenas que justiça seja feita e que não termine em pizza e descubram logo os facilitadores e os punam com o mesmo rigor.

10h51
Índigenas desbloqueiam rodovia em Dourados depois de quatro dias
10h36
Governo tenta vender fazenda em Pedro Gomes que desvalorizou 20% em dois anos
10h12
Para ONU, Brasil é exemplo de como evitar retrocesso em ganhos sociais
Entrevista
“Queremos fomentar o comércio e ajudar as associações a conquistar espaço”, diz presidente da Faems