Midiamax
BUSCA: 
 Capa

 Últimas Notícias

 Pimenta no Reino

 Transparência

 Política

 Polícia

 Emprego

 Tecnologia

 Esportes

 Geral

 Mundo

 Brasil

 Agronegócio

 Economia

 Cultura

 Cinema

 Entretenimento
Articulistas



Blogs
 Fernando Soares
Mais Lidas
01 Homem é executado após ter caminhonete Toyota Hilux tomada por ladrões em MS

02 Servidor é preso em MS acusado de aliciar e incentivar prostituição de adolescentes

03 Quebra-pau: briga generalizada envolve mais de 60 pessoas em evento sertanejo e fere dois

04 Calor e tempo seco provocam vendavais em MS e meteorologista alerta: vem mais

05 Polícia encontra mais de meia tonelada de cocaína em carro capotado na BR-262

Espaço do Leitor
Espaço do leitor
Acesso Fácil
Faça da Midiamax sua página inicial

16/01/2014 16:37

Enciumado por causa do Facebook, homem mata mulher e sogra em MS

Aumentar texto Diminuir texto

Diego Alves


O motivo pelo qual Cláudio José do Nascimento, de 33 anos, matou a mulher Daiane dos Santos, de 21 anos, e a sogra Ana Cláudia dos Santos, de 39 anos, teria sido por conta do tempo que a mulher ficava na rede de relacionamento Facebook.

O fato aconteceu na Rua da Saudade, na cidade de Caarapó (273 quilômetros de Campo Grande) na noite desta quarta-feira (15). De acordo com o site CaarapoNews, após ser preso, Cláudio disse que estava embriagado e foi buscar a mulher na casa da sogra, momento em que começaram a discutir.

Segundo os depoimentos, Cláudio então começou a desferir as facadas que atingiram Daiane que foi ferida na coxa esquerda, virilha e costas e morreu no local. Já Ana Cláudia que foi esfaqueada no peito e no braço esquerdo, foi levada ao Hospital Beneficente São Mateus, mas morreu antes de dar entrada.

Segundo Natalício Farias, de 37 anos, marido de Ana Cláudia, que ainda tentou intervir, disse que depois de o autor dar as facadas em Daiane, ele partiu para cima de Ana Cláudia.

Depois do crime Cláudio fugiu em um veículo VW/Logus, porém foi preso pela Polícia Militar antes de sair da cidade. O autor também disse na delegacia que já teria tentado matar sua mulher. Ele foi encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil onde se encontra preso.

Sidnei Bronka



Comentários (3)

16/01/2014 19:52
gero
Resolução n.1 para a polícia : homem bater em mulher = 200 chibatadas de vara de marmelo + 200 chibatadas de flagrum; Na reincidência, dobra.

16/01/2014 17:33
maicom
casos igual a esse deveria ir a júri popular!!

16/01/2014 16:49
Sandro Lima
O que falta neste país é uma guilhotina para esses assassinos, pois cada vez estão mais impunes ao crime contra a vida.

09h47
Diretor-presidente da Agepen garante que superlotação não foi motivo de rebelião
09h24
Ex-marido mata mulher esfaqueada na Aldeia Porto Lindo em Japorã
08h48
Bisavó de criança de 2 anos morre de ataque cardíaco fulminante
Entrevista
Diretor do CRA fala da importância do profissional administrador na gestão pública
Charge do dia
Charge