Midiamax
BUSCA: 
Editorial
TURISMO CADAVÉRICO
O prefeito de Bonito quer desbancar o saudoso personagem Odorico Paraguaçu. Mas a vida não imita a arte. Acorda desse pesadelo, Excelência!
Leia na íntegra
 Capa

 Últimas Notícias

 Pimenta no Reino

 Transparência

 Política

 Polícia

 Emprego

 Tecnologia

 Esportes

 Geral

 Mundo

 Brasil

 Agronegócio

 Economia

 Cultura

 Cinema

 Entretenimento
Articulistas



Blogs
 Fernando Soares
Mais Lidas
01 PMDB enfrenta nova crise com insatisfação de candidatos para Campo Grande

02 1 baleado: dupla que assaltava de Biz tenta 'dar perdido' em viatura do Choque e acaba presa

03 Após eleições, 10 cargos federais viram alvo de políticos em Mato Grosso do Sul

04 Professores não farão greve porque 'são inteligentes', diz prefeito, sem dar aumento

05 Dupla armada com pistola rende família no meio da manhã e rouba carro em Campo Grande

Espaço do Leitor
Espaço do leitor
Acesso Fácil
Faça da Midiamax sua página inicial

04/01/2014 17:12

Padrasto estupra enteada de 14 anos, vira marido e a trai com a própria mãe

Aumentar texto Diminuir texto

Fernanda Kintschner

Após ser ameaçada pelo ex-marido e atual padrasto, R. S. D., de 20 anos, denunciou à polícia V. R. de S., de 53 anos, com quem tem dois filhos, um de dois anos e um de quatro, este fruto de quando ele a estuprou quando ela tinha 14 anos.

Esta triste história e um tanto absurda aconteceu em Aquidauana (MS), a 143 Km da capital Campo Grande. Tudo começou quando a vítima tinha quatro anos e sua mãe casou-se com V. R. de S..

Aos 14 anos iniciaram os abusos contra a jovem, que engravidou. Desde então ela foi ameaçada pelo homem, que dizia que mataria sua mãe se contasse que era molestada.

A vítima então contou a um irmão mais novo o que estava acontecendo, que logo relatou tudo à mãe. Porém, ao invés de denunciar o marido a mãe obrigou a filha a conviver como nova esposa de V. R. de S..

O novo casal então foi viver em uma casa em frente à antiga residência e teve mais um filho durante o relacionamento de quatro anos. A jovem relata que neste período foi por diversas vezes agredida, ameaçada de morte e que o esposo a traía inclusive com a sua própria mãe.

Não aguentando mais a situação, ela o abandonou e ele voltou a ser esposo de sua mãe, além de ter ficado com a guarda dos dois filhos, "quase netos". 

Neste domingo (04), a jovem foi visitar os filhos como sempre faz, na casa de sua mãe e seu ex-esposo - agora novamente padrasto - e foi novamente ameaçada por ele e por isso resolveu denunciá-lo.

A Polícia Civil registrou o caso como ameaça e lesão corporal dolosa. O delegado responsável pelas investigações, Antenor Camargo Leme foi procurado, mas não está de plantão na delegacia e não foi divulgado seu celular para confirmar o decorrer dos fatos.



Comentários (0)

 
Deixar comentário
22h55
OAB/MS acompanha investigações sobre advogado assassinado em Dourados
22h33
Jovem é alvejado a tiros e morre a caminho da Santa Casa
21h33
Homem atira contra carro onde estavam pai e filho em Campo Grande
Entrevista
Diretor do CRA fala da importância do profissional administrador na gestão pública
Charge do dia
Charge