Midiamax
BUSCA: 
 Capa

 Últimas Notícias

 Pimenta no Reino

 Bastidores

 Transparência

 Política

 Polícia

 Emprego

 Tecnologia

 Esportes

 Geral

 Mundo

 Brasil

 Agronegócio

 Economia

 Cultura

 Cinema

 Entretenimento
Articulistas






Espaço do Leitor
Espaço do leitor
Blogs
 Alex Fraga

 Ana Cavalheiro

 Cozinha de Raízes

 Eugênia Amaral

 Falo Blogo Escrevo

 Festas e Eventos

 João Campos Online

 Papo de Pregão
 Fernando Soares
Mais Lidas
01 Policial militar é alvejado e morre durante assalto a loja em bairro de Campo Grande

02 Motorista fura bloqueio policial por estar pelado, tem carro alvejado e acaba preso

03 VÍDEO: filmagem no autódromo flagra acidente com moto em rodovia que causou morte

04 Moradores estranham 'desenhos' no céu de Campo Grande e postam fotos e vídeos

05 Confira quem já é oficialmente candidato ao governo do Estado e ao Senado em MS

Acesso Fácil
Faça da Midiamax sua página inicial

29/12/2013 10:25

Jovem é atacado por grupo armado com facão de cortar cana e sobrevive em Dourados

Aumentar texto Diminuir texto

Nealla Machado

Jovem de 19 anos foi socorrido pela Polícia Militar e foi encaminhado ao Hospital da Vida, em Dourados, depois de sofrer tentativa de homicídio por um grupo de indígenas armados com um facão. O caso aconteceu na madrugada deste domingo (29)

Segundo o boletim de ocorrência, o jovem apresenta várias facadas pelo corpo e ele ainda afirmou aos policiais que foi atacado por um grupo de índios na zona rural da cidade, na MS-156.

A polícia apreendeu no local da agressão um facão utilizado no corte de cana-de-açúcar. O caso foi registrado como lesão corporal dolosa na delegacia de Dourados e a polícia investiga o ataque.



Comentários (0)

 
Deixar comentário
14h53
Polícia finaliza inquérito e menino agredido com martelo pelo padrasto fica sob a guarda de um tio
14h23
Adolescente é apreendido pilotando motocicleta roubada no Aero Rancho
13h06
Homem esfaqueia amigo depois de brincarem de quem teria coragem de matar o outro
Entrevista
“Queremos fomentar o comércio e ajudar as associações a conquistar espaço”, diz presidente da Faems
Charge do dia
Charge