Midiamax
BUSCA: 
 Capa

 Últimas Notícias

 Pimenta no Reino

 Transparência

 Política

 Polícia

 Emprego

 Tecnologia

 Esportes

 Geral

 Mundo

 Brasil

 Agronegócio

 Economia

 Cultura

 Cinema

 Entretenimento
Articulistas



Blogs
 Fernando Soares
Mais Lidas
01 DATAmax: diferença entre Reinaldo e Delcídio é de 8,58 pontos; indecisos são 3,58%

02 Morre 2º atleta que correu na Volta das Nações em Campo Grande

03 Estelionatário preso 'vendia' eletrônicos pelo Mercado Livre e explica como aplicava golpe

04 Trabalhador despenca de 4 metros de altura enquanto fazia manutenção em escola

05 Campanha esquenta e ex-vice-prefeito troca socos e xingamentos com vereador

Espaço do Leitor
Espaço do leitor
Acesso Fácil
Faça da Midiamax sua página inicial

20/11/2013 11:31

Vereador critica falta de limpeza e aposta em novo estado de emergência com dengue

Aumentar texto Diminuir texto

Elverson Cardozo e Wendel Reis

Minamar Junior

O vereador Chiquinho Teles (PSD) ocupou a tribuna da Câmara Municipal de Campo Grande, nesta quinta-feira (20), para criticar a falta de atenção da Prefeitura com relação à limpeza dos bairros. Aproveitando a deixa, o vereador Elizeu Dionízio (PSL) propôs, em tom crítico, um “bolão“, porque aposta que a prefeitura vai decretar novo estado de emergência, agora, contra a dengue.

Elizeu não poupou críticas ao prefeito e disparou: “Ele abandonou a cidade para entrar com o regime que ele gosta, de emergência. Mas, se Deus quiser, Campo Grande vai ganhar um presente de natal: a cassação desse prefeito”.

Durante sua fala, Chiquinho disse que “o município não está capinando”, mas Bernal continua dizendo que isso é dever da população. “O que feito pela prefeitura, na antiga gestão, não está sendo realizado”, criticou.

Disse, também, que o que o deixa mais triste e preocupado é Bernal dizer que está tudo bem e bonito. Teles aproveitou a ocasião e pediu ao líder do prefeito na Câmara, vereador Alex do PT, que lembre o prefeito de que “ele tem quase R$ 3 milhões do orçamento para trabalhar pela cidade, mas não faz isso porque não quer”.

Alex não se conteve e, em resposta, disse que o serviço de limpeza da capital, segundo pesquisa do Midiamax, é bem avaliado pelos campo-grandenses. Chiquinho rebateu e chamou o parlamentar de desinformado porque a pesquisa em questão avaliava a coleta de lixo e não a limpeza da cidade.

O vereador Airton Saraiva engrossou o discurso e fez questão de lembrar que, na gestão passada, o serviço era realizado duas vezes por ano e, desta vez, nenhuma ação aconteceu.



Comentários (3)

20/11/2013 15:09
Gabriela
Ah peraí agora é culpa do prefeito também? Tudo bem que o cara está negligenciando geral mas as ruas e terrenos estão cheios de lixo é por causa dos porcalhões do povo, pelo menos a coleta de lixo da cidade é feita com regularidade mas o povo prefere jogar lixo nos terrenos!

20/11/2013 13:41
Ezio Jose
O ano passado não vi o serviço de limpeza e faz anos que o "fumaçê" contra o mosquito da dengue não passa mesmo vindo verbas de Brasilía para tanto.

20/11/2013 12:02
mara de oliveira
Gente... vamos ser justos, o povo tem que cuidar da limpeza de seus terrenos. O CCZ faz um ótimo trabalho juntamente com a secretaria de obras. Esses vereadores já estão viajando demais. Essa desse Saraiva é de lascar !!!! limparam tanto o ano passado que a cidade entrou dia 1 de janeiro com uma explosão no número dos casos de dengue. Ou foi o Bernal também???? Dá um tempo, já tá demais.

15h21
Parada para urinar teria motivado assalto que matou advogado em Dourados
15h00
Para a população, propostas vão ficar no gogó e campanha não precisava de ataques
14h51
Motorista perde controle ao passar em pista molhada e cai em brejo próximo a fábrica de refrigerantes
Entrevista
Diretor do CRA fala da importância do profissional administrador na gestão pública