Midiamax
BUSCA: 
 Capa

 Últimas Notícias

 Pimenta no Reino

 Bastidores

 Transparência

 Política

 Polícia

 Emprego

 Tecnologia

 Esportes

 Geral

 Mundo

 Brasil

 Agronegócio

 Economia

 Cultura

 Cinema

 Entretenimento
Articulistas






Espaço do Leitor
Espaço do leitor
Blogs
 Alex Fraga

 Ana Cavalheiro

 Cozinha de Raízes

 Eugênia Amaral

 Falo Blogo Escrevo

 Festas e Eventos

 João Campos Online

 Papo de Pregão
 Fernando Soares
Mais Lidas
01 Boato sobre morte de 'Alexandrinho', suspeito de matar PM, gera alvoroço entre familiares

02 Polícia prende seis e descobre esquema de furto de carros em pátio de concessionária

03 VÍDEO: Funcionário da Havan se irrita e dá tapa em celular de cliente na Capital

04 Militar é achado morto dentro do carro em estacionamento de quartel na Capital

05 Polícia captura dupla que 'tocou o terror' com assaltos seguidos em bairros de Campo Grande

Acesso Fácil
Faça da Midiamax sua página inicial

18/06/2013 15:55

Perícia em jovem encontrado com 80% do corpo queimado deve ficar pronta essa semana

Aumentar texto Diminuir texto

Bruno Chaves

O laudo pericial que apontará ao certo o que aconteceu com o jovem Hugo Alves Ledesma, de 29 anos, que teve 80% do corpo queimado no dia 26 de maio, em Campo Grande, deve chegar as mãos do delegado Natanael Balduíno, do 7º DP, ainda esta semana.

Natanael disse ao Midiamax que aguarda a melhora clínica de Hugo para que ele possa ser ouvido no inquérito. A investigação continuará com o recebimento do laudo da perícia. “O laudo correspondente, que é a perícia que mostrará a natureza do fato, deverá ficar pronto nesta semana”, falou o delegado.

Com esse documento, a polícia poderá saber mais detalhes sobre as condições de Hugo antes de ter o corpo queimado. O laudo indicará, por exemplo, se o rapaz foi agredido, arrastado ou se ateou fogo contra o próprio corpo.

Enquanto as investigações vão se desenrolando, Hugo continua internado na Santa Casa. Segundo o irmão da vítima, que pediu para ter a identidade preservada, Hugo está em coma induzido e corre risco de morte.

“Ele está lutando para viver. A recuperação dele é bem lenta devido a quantidade muito grande da área do corpo queimada. Os médicos não têm previsão de tirar ele do coma, já que o quadro clínico dele altera muito. A imunidade dele também está baixa e ele corre o risco de pegar infecção”.

Hugo apareceu queimado no dia 26 de maio deste ano. Quarenta minutos após encontrar com a namorada, no bairro Recanto dos Pássaros, ele entrou em sua casa pedindo por socorro, delirando e com o corpo queimado.

A vítima foi socorrida por familiares e levada para a UPA (Unidade de Pronto Atendimento) do bairro Vila Almeida, sendo depois levada para a Santa Casa devido à gravidade dos ferimentos.


Comentários (0)

 
Deixar comentário
22h44
Amigo mata o outro por roubo de animais e enterra corpo no quintal
21h59
Morador de Campo Grande cai no golpe do ‘falso sobrinho’ e perde R$ 1 mil
21h37
Assaltantes invadem casa em Campo Grande e fogem com R$ 20 mil em joias
Entrevista
“Queremos fomentar o comércio e ajudar as associações a conquistar espaço”, diz presidente da Faems
Charge do dia
Charge