Midiamax
BUSCA: 
 Capa

 Últimas Notícias

 Pimenta no Reino

 Bastidores

 Transparência

 Política

 Polícia

 Emprego

 Tecnologia

 Esportes

 Geral

 Mundo

 Brasil

 Agronegócio

 Economia

 Cultura

 Cinema

 Entretenimento
Espaço do Leitor
Espaço do leitor
Articulistas






Blogs
 Alex Fraga

 Ana Cavalheiro

 Cozinha de Raízes

 Eugênia Amaral

 Falo Blogo Escrevo

 Festas e Eventos

 João Campos Online

 Papo de Pregão
 Fernando Soares
Mais Lidas
01 Militar passa na hora que carro cai no Córrego Anhandui e consegue ‘segurar’ jovens fujões

02 Morre, aos 63 anos, padre Bira, vítima de parada cardíaca

03 Adolescente de 17 anos mata o próprio pai a golpes de facão no interior de MS

04 Em evento evangélico, Nelsinho se oferece para dar conselhos a Gilmar Olarte

05 No Sábado de Aleluia, fiéis lotam igreja São José para se despedirem de padre Bira

Acesso Fácil
Faça da Midiamax sua página inicial
Entretenimento

06/04/2013 11:19

Filme: Mama retrata terror de casal que adota meninas da floresta

Aumentar texto Diminuir texto

Uol/NG


Divulgação

Talvez seja mais fácil se lembrar de filmes em que a maternidade é motivo de pânico e e horror ao invés de alegrias. A lista começa pelo clássico "O Bebê de Rosemary", passando por "Anticristo" e desaguando em "Precisamos Falar sobre Kevin".

Já o filme "Mama" não se equipara a nenhum desses. Dirigido pelo espanhol Andrés Muschietti e produzido por Guillermo del Toro, a produção se vale de maneira meio oblíqua do velho ditado: "Ser mãe é padecer no paraíso". No caso, o papel da mãe falecida é assumido pela tia.

Jessica Chastain ("A Hora Mais Escura") é Annabel, membro de uma banda de rock, que leva uma vida desregrada com seu namorado Lucas (Nikolaj Coster-Waldau). A primeira vez que a vemos, a moça está no banheiro agradecendo a Deus pelo teste de gravidez ter dado negativo. A comemoração pode durar por cinco anos, até que duas sobrinhas de seu marido, que estavam desaparecidas, são encontradas e o casal fica com a guarda das meninas.

A história das meninas é uma espécie de prólogo do filme que começa com "Era uma vez...", o que sugere um conto de fadas contemporâneo e sombrio. O pai de Vitória (Megan Charpentier) e Lilly (Isabelle Nélisse) matou a mãe delas e mais um sócio. Na fuga, sequestra as garotas, levando-as para uma cabana no meio da floresta, onde pretende matá-las e se suicidar. Porém, uma força sombria salva a vida das meninas, e as mantém vivas por cinco anos, alimentando-as apenas com cerejas.

Quando são encontradas, as garotas estão praticamente animalizadas, andam de quatro, são incapazes de se comunicar ou manter qualquer contato social, o que desperta a curiosidade de um médico (Daniel Kash). Ele ajuda o casal Luke e Annabel a ganhar a guarda das crianças, também disputada por uma tia materna (Jane Moffat) -- uma personagem que não faz muito sentido.

Para o médico, as meninas criaram um personagem -- a quem chamam de Mama -- que as manteve vivas durante os cinco anos. Agora estão com dificuldades de abandonar a fantasia.

Acontece que Mama é mais real do que todos pensam. Real, ciumenta e malévola, vingando-se de todos por quem as garotas desenvolvem algum tipo de afeição. Quando Annabel é obrigada a ficar sozinha com as meninas, terá de enfrentar essa força.

"Mama" é baseado num curta -- disponível na internet -- feito por Muschietti, que acabou chamando a atenção de Del Toro. O curta, de cerca de dois minutos, se transformou numa das cenas do longa. Mas, obviamente, tudo o que apenas é sugerido lá, se materializa e é explicado na versão longa.

Apesar de sustos baratos e de explicações que só enfraquecem a trama, Jessica Chastain e as duas meninas, Megan Charpentier e Isabelle Nélisse, mantêm a cumplicidade perfeita no filme -- no amor e no ódio, na paz e no medo. O trio parece compreender que o maior horror vem daquilo que cremos poder confiar na aparente banalidade do cotidiano.

Comentários (0)

 
Deixar comentário
16h42
"Rio 2" fica em 2º na bilheteria dos EUA; filme de Jonny Depp decepciona
16h17
Com saída de Aguilera, Gwen Stefani será jurada no The Voice
12h41
Globo quer Xuxa em programa como 'The Voice' e 'Superstar'