Midiamax
BUSCA: 
 Capa

 Últimas Notícias

 Pimenta no Reino

 Bastidores

 Transparência

 Política

 Polícia

 Emprego

 Tecnologia

 Esportes

 Geral

 Mundo

 Brasil

 Agronegócio

 Economia

 Cultura

 Cinema

 Entretenimento
Articulistas






Espaço do Leitor
Espaço do leitor
Blogs
 Alex Fraga

 Ana Cavalheiro

 Cozinha de Raízes

 Eugênia Amaral

 Falo Blogo Escrevo

 Festas e Eventos

 João Campos Online

 Papo de Pregão
 Fernando Soares
Mais Lidas
01 Lei aprovada por deputados de MS exige, a partir de hoje, cartaz sobre 'riscos da carambola'

02 Aprovado em concurso na Capital é impedido de tomar posse por ter antecedentes criminais

03 Mãe de motociclista morto pede para falar com atropelador e se exalta

04 Motorista garante que não viu quando passou por cima de motociclista no Jardim Canguru

05 Raizeiro é preso por realizar consultas e vender 'poções' no pátio de igreja em MS

Acesso Fácil
Faça da Midiamax sua página inicial

16/01/2013 10:12

Morre o humorista Clayton Silva, de 'A Praça é Nossa'

Aumentar texto Diminuir texto

Jornal do Brasil/NG


Divulgação

Morreu, aos 74 anos, na noite desta terça-feira, o ator e humorista Clayton Silva. Ele estava internado no Centro Médico do distrito de Barão Geraldo, em Campinas (SP), e lutava contra um câncer.

O corpo de Clayton será levado para o crematório da Vila Alpina, em São Paulo. O velório acontece em Indaiatuba.

O ator fazia parte do programa "A Praça é Nossa" do SBT, desde 1987, e era responsável pelos bordões "Tô de olho no sinhô" e "êta fuminho bão".

No cinema, Clayton Silva atuou em "O Bem Dotado Homem de Itu" (1978); "As Aventuras de Mário Fofoca"(1982); e "Pecado Horizontal" (1982).



Comentários (0)

 
Deixar comentário
22h58
Aécio Neves diz que investigação sobre aeroporto ‘será bem-vinda’
22h33
Globo não deve ter vida fácil com Dunga de volta à Seleção
22h07
Dilma reúne líderes de partido para definir estratégias da campanha à reeleição
Artigo do dia
João Campos
A ficção do BRICS
Entrevista
“Queremos fomentar o comércio e ajudar as associações a conquistar espaço”, diz presidente da Faems
Loteria
Mega-Sena saiu para uma única aposta