Midiamax
BUSCA: 
 Capa

 Últimas Notícias

 Pimenta no Reino

 Bastidores

 Transparência

 Política

 Polícia

 Emprego

 Tecnologia

 Esportes

 Geral

 Mundo

 Brasil

 Agronegócio

 Economia

 Cultura

 Cinema

 Entretenimento
Espaço do Leitor
Espaço do leitor
Articulistas






Blogs
 Alex Fraga

 Ana Cavalheiro

 Cozinha de Raízes

 Eugênia Amaral

 Falo Blogo Escrevo

 Festas e Eventos

 João Campos Online

 Papo de Pregão
 Fernando Soares
Mais Lidas
01 Enfermeira usa fotos de pacientes mentais em posto de saúde para fazer piada no Facebook

02 Reconstituição: Erlon foi morto com tiro de surpresa na nuca na casa de adolescente

03 Enfermeira diz que postou fotos de pacientes mentais em Posto de Saúde 'sem maldade'

04 Ex-prefeito e ex-secretário são condenados por improbidade administrativa

05 Após negativa de juiz, PP tenta mais uma vez reconduzir Bernal ao cargo de prefeito

Acesso Fácil
Faça da Midiamax sua página inicial

10/12/2012 08:52

Secretaria de educação abre inscrições do cadastro de professores para aulas temporárias

Aumentar texto Diminuir texto

Diana Gaúna

A SED (Secretaria Estadual de Educação) publicou no diário oficial de hoje (10), a abertura das inscrições de cadastro de reserva de professores habilitados para aulas temporárias. Os convocados vão atuar em sala de aula do ensino fundamental, médio, EJA fundamental e médio para o ano letivo 2013.

Os interessados devem preencher uma ficha de cadastramento, disponível no site www.sed.ms.gov.br, no link cadastramento de professores, a partir desta segunda-feira (10). As inscrições seguem até o dia 15 de janeiro de 2013, às 17h.

Os candidatos devem ter formação em curso de licenciatura, com comprovante de colação de grau, em cursos reconhecidos pelo MEC (Ministério da Educação); ter no mínimo 1 ano de regência de classe e se inscrever nas disciplinas de acordo com a licenciatura ou habilitação.

Mais informações podem ser obtidas na edição do diário oficial desta segunda-feira, na página 3.

Comentários (0)

 
Deixar comentário
12h11
Após denúncias de irregularidades, Uniesp terá de corrigir contrato do Fies