Midiamax
BUSCA: 
 Capa

 Últimas Notícias

 Pimenta no Reino

 Transparência

 Política

 Polícia

 Emprego

 Tecnologia

 Esportes

 Geral

 Mundo

 Brasil

 Agronegócio

 Economia

 Cultura

 Cinema

 Entretenimento
Articulistas



Blogs
 Fernando Soares
Mais Lidas
01 Manobra na saída de autoposto causa acidente em avenida de Campo Grande

02 Por quase nove horas, trio realiza arrastão em Campo Grande e fere a tiros uma das vítimas

03 Delcídio ameaça processar Azambuja, mas admite que há investigação no STF

04 Mensagem falsa sobre sumiço de criança no Aero Rancho invade WhatsApp em MS

05 Revista Veja afirma que Youssef incriminou Dilma e Lula; advogado não confirma

Espaço do Leitor
Espaço do leitor
Acesso Fácil
Faça da Midiamax sua página inicial
Veja também Economia

21/08/2012 13:11

Black Friday em Pedro Juan e Ponta Porã vai ter desconto de até 50% para consumidor

Aumentar texto Diminuir texto

Diego Alves

Cleber Gellio
Evento da promoção que aconteceu nesta terça em Campo Grande

A Promoção Black Friday, que acontece nos próximos dias 21, 22 e 23 de setembro, em aproximadamente 400 pontos comerciais das cidades de Ponta Porã e Pedro Juan Caballero (Paraguai) espera movimentar aproximadamente de R$ 60 milhões.

O evento é organizado pela Câmara de Comércio e Indústria de Pedro Juan Cabaleiro (Paraguai) e Associação Comercial e Industrial de Ponta Porã.

Os produtos terão uma etiqueta informando o desconto que ter até a 50% de desconto. Nem todo estoque das lojas estarão com o preço menor. A promoção visa aumentar as vendas no comercio em mais de 100%.

Mirta Alvarenga, gerente de marketing do Shopping China cita o exemplo de um notebook de R$ 1 mil que pode ser vendido a R$ 700.

Já Eduardo Gaúna, presidente da Câmara de Comércio de Ponta Porã, cita como exemplo um sapato de R$ 300 que pode ser vendido com 50% de desconto.

Além da integração e desenvolvimento da região, com as duas cidades, as vendas também tem como objetivo, renovar os estoques para as vendas no Natal.

Os representantes do comércio de Ponta Porã lembram que o valor da cota de US$ 300 dólares continua o mesmo nos três dias. Haverá também a tentativa de um acordo com a Receita Federal, para a instalação de postos ambulantes de fiscalização.

Representantes da Associação de Pedro Juan e da Câmara de Comércio de Ponta Porã, junto com diretores de lojas como o Shopping China estiveram em uma solenidade do evento, realizado na manhã desta terça-feira (21), no Hotel Bahamas em Campo Grande.

Essa primeira edição, fato parecido com o que já aconteceu na cidade Ciudad del Leste (Paraguai), acontece de forma inédita com os dois países, com a integração de aproximadamente 400 lojas das duas cidades.

Pedro Alcides Zanchet Bondiman, presidente da Câmara de Comércio e Indústria de Pedro Juan Caballero, acredita que a iniciativa, caso aconteça de forma consecutiva, pode ajudar no desenvolvimento econômico da região.

“Contribui com o aumento do número de empregos, pois beneficiam também outros setores como rede hoteleira e postos de combustíveis”.

Serão aceitos cartões de créditos nacionais, internacionais, e dinheiro como Guarani, Real e Dólar.



Comentários (0)

 
Deixar comentário
21h58
Marcada por especulações eleitorais, Bovespa sobe 2,4%
19h15
Um dia depois de fechar acima R$ 2,50, dólar tem maior queda em quase um ano
12h50
Gastos de brasileiros no exterior batem recorde em setembro
Entrevista
Diretor do CRA fala da importância do profissional administrador na gestão pública