Midiamax
BUSCA: 
 Capa

 Últimas Notícias

 Pimenta no Reino

 Bastidores

 Transparência

 Política

 Polícia

 Emprego

 Tecnologia

 Esportes

 Geral

 Mundo

 Brasil

 Agronegócio

 Economia

 Cultura

 Cinema

 Entretenimento
Articulistas






Espaço do Leitor
Espaço do leitor
Blogs
 Alex Fraga

 Ana Cavalheiro

 Cozinha de Raízes

 Eugênia Amaral

 Falo Blogo Escrevo

 Festas e Eventos

 João Campos Online

 Papo de Pregão
 Fernando Soares
Mais Lidas
01 VÍDEO: suposta filmagem de 'fantasma' em escola pública de MS faz sucesso na internet

02 Em audiência sobre saúde na Câmara, homem passa mal e Samu demora a chegar

03 FLAGRA: incêndio destrói loja em Pedro Juan Caballero e mobiliza bombeiros brasileiros

04 Viúvo de mulher morta a pauladas morre com tiro no peito em fazenda de MS

05 Moradores suspeitam que córrego foi desviado para amenizar suposto erro de empreiteira

Acesso Fácil
Faça da Midiamax sua página inicial

25/07/2012 11:21

Vítima de acidente na BR-163 aguarda por vaga para fazer cirurgia em Campo Grande

Aumentar texto Diminuir texto

Edição de Notícias/NG


PC de Souza

A família de Jeandavid Salvino Milhomens, de 30 anos, está vivendo o drama da falta de vaga em hospitais públicos de Campo Grande. Com o fêmur fraturado em dois lugares, Milhomens precisa ser transferido de Coxim para fazer a cirurgia.xxxx Ele foi vítima de um acidente na noite de domingo (22) na BR-163, zona urbana de Coxim. Além das fraturas no fêmur, Milhomens também teve o joelho, o calcanhar e dedos fraturados.

Segundo a esposa da vítima, Tatiane da Silva Mendes Milhomens, de 22 anos, ele sente muita dor e não consegue dormir. “A impressão que tenho é que os remédios não estão fazendo efeito”, disse.

Apesar do bom atendimento que Milhomens tem recebido por parte dos funcionários do Hospital Regional de Coxim, a esposa pede que as autoridades competentes façam alguma coisa pelo marido. “É triste ver uma pessoa sentindo dor o tempo inteiro”, comentou.

Tatiane diz que a família não tem condições de bancar a cirurgia no fêmur, valor superior a R$ 10 mil, por isso tem de esperar pelo SUS (Sistema Único de Saúde).

O ACIDENTE

Milhomens seguia pela BR-163 pilotando uma Yamaha XTZ, placa HSZ-1434 de Três Lagoas, quando foi atingido por um GM Corsa Classic, que era conduzido por um adolescente.

Após o acidente, o adolescente fugiu do local pela avenida Gaspar Ries Coelho, mas foi identificado pela Polícia Civil nesta segunda-feira (24). O carro com a lateral parcialmente destruída foi levado para a 1ª Delegacia de Polícia.

Comentários (1)

25/07/2012 12:15
Asturio Cruz
Aonde ja se viu,esperar vaga em hospitais públicos de Campo Grande;Cade o poder Publico?Que vergonha a situação da saude em Campo Grande e no Brasil.E ainda tem que esperar pelo SUS (Sistema Único de Saúde). E os politicos nao fazem nada para melhorar;só ficam ricos ás nossas custas.

22h33
Servidor com divergências de CPF deve regularizar sua situação
19h52
S-10 passa por cima de motociclista que fica em estado grave
19h02
Acidente com arara na rede elétrica deixa moradores no escuro em Campo Grande
Entrevista
Prefeito rebate críticas e diz que tem de resolver até o que é atribuição do Estado