Midiamax
BUSCA: 
 Capa

 Últimas Notícias

 Pimenta no Reino

 Bastidores

 Transparência

 Política

 Polícia

 Emprego

 Tecnologia

 Esportes

 Geral

 Mundo

 Brasil

 Agronegócio

 Economia

 Cultura

 Cinema

 Entretenimento
Articulistas






Espaço do Leitor
Espaço do leitor
Blogs
 Alex Fraga

 Ana Cavalheiro

 Cozinha de Raízes

 Eugênia Amaral

 Falo Blogo Escrevo

 Festas e Eventos

 João Campos Online

 Papo de Pregão
 Fernando Soares
Mais Lidas
01 Jovem que aparece seminua em evento em Três Lagoas é intimada para depor

02 Sete são presos e dois adolescentes apreendidos ao tentarem assaltar pizzaria

03 VÍDEO: ladrão engraçadinho vai parar em rede nacional após roubar moto de pastor

04 Viatura do Choque da PM capota durante perseguição a moto em Campo Grande

05 Policial seguia para o trabalho quando foi atropelado por caminhão na Gury Marques

Acesso Fácil
Faça da Midiamax sua página inicial

17/12/2011 10:29

Casamento comunitário em Campo Grande realiza sonho de casais que já vivem juntos

Aumentar texto Diminuir texto

Mariana Lopes


Mariana Lopes
Após cinco anos morando juntos, casal aproveita para oficializar a união no religioso

O sonho de receber a benção matrimonial foi realizado na noite desta sexta-feira (16) para 24 casais. Fora do convencional, mas sem deixar nada a desejar, a cerimônia religiosa do casamento comunitário aconteceu na paróquia Santo Agostinho, no bairro Taveirópolis, em Campo Grande.

Os noivos tiveram direito a igreja decorada, músicos e cerimonial, sem gastar um centavo.
No salão da igreja, os noivos aguardavam juntos o grande momento. Deixaram de lado a história de não poder ver a noiva antes do casamento. Pelo contrário, eles olhavam admirados a beleza delas. Mas o inusitado da noite foi o atraso da cerimônia. O motivo? Um noivo estava atrasado.

Enquanto esperavam, Alexandre Acosta e Kênia Ciqueira arrumavam a filha de 2 anos. Foi ela quem levou as alianças para os pais selarem a união. O casal mora junto há cinco anos e aproveitaram a oportunidade para receberem a benção do padre. “Queríamos viver corretamente de acordo com a nossa religião”, disse Kênia.

Mesmo com 20 anos de casamento civil, o sonho da cerimônia religiosa também foi compartilhado por Sandra Mara Garcia. Aos 43 anos, ela entrou na igreja vestida de dourado. “É uma realização para nós, receber a benção de Deus em nosso casamento é muito importante”, disse Sandra, emocionada com a ocasião.

Também com uma união estável e à espera do primeiro filho, o casal Felipe Alves e Gisele Paredes fala sobre as vantagens do casamento comunitário. Para eles, a praticidade e rapidez com os preparativos da cerimônia valeram a pena. “Não precisamos nos preocupar com nada, em dois meses fizemos o curso de noivos e já estamos casando”, disse Felipe.

Organização

O casamento comunitário foi organizado pela paróquia Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, que ofereceu sem custo algum toda a estrutura da cerimônia. Inclusive o curso de noivos, que geralmente é preciso pagar uma taxa para fazer, foi oferecido gratuitamente pela paróquia.

De acordo com o pároco da Perpétuo Socorro, padre Dirson Gonçalves, a iniciativa foi tomada ao perceberem que muitos casais que frenquentavam a igreja mantinham uma união conjugal, mas sem a benção religiosa. “Muitos não oficializavam na igreja por questões financeiras. Fico muito feliz em participar deste momento com eles”, disse o pároco.

Comentários (4)

19/12/2011 11:47
carlos alberto arruda de campos
Casamento vai além de uma cerimônia, é o dia dia , é o decidir sempre em beneficio do conjuge. Quantas cerimonias de casamento suntuosas, luxuosas precederam um casamento de dias. Certidão de casamento é apenas um papel, casamento verdadeiro é no coração.

19/12/2011 08:44
Mário
Parabéns padre pela pela iniciativa, assim a igreja se aproxima mais da realidade de seu povo. A vida como ela é, agora com a benção matrimonial. Felicidades a todos os casais.

18/12/2011 11:59
Ana Paula Fenelon
É Benção Divina!!

17/12/2011 18:29
Kenia
Parabens a voces midiamax pela reportagem, realmente é uma oportunidade unica...gostaria de agradecer a todos da paroquia Nossa Senhora do perpetuo socorro e comunidade santo agostinho pela força!!!

14h08
#CGR115: Na Afonso Pena da década de 30, Cine Alhambra foi ‘palco’ de história de amor
14h05
Setor de ortopedia da Santa Casa de Campo Grande volta a atender sem restrições
13h49
Abafado: fim de semana na Capital terá máxima de 35°C e umidade do ar abaixo de 20%
Entrevista
Especialistas advertem que prática de exercícios sem acompanhamento pode levar à morte