Midiamax
BUSCA: 
Editorial
TURISMO CADAVÉRICO
O prefeito de Bonito quer desbancar o saudoso personagem Odorico Paraguaçu. Mas a vida não imita a arte. Acorda desse pesadelo, Excelência!
Leia na íntegra
 Capa

 Últimas Notícias

 Pimenta no Reino

 Transparência

 Política

 Polícia

 Emprego

 Tecnologia

 Esportes

 Geral

 Mundo

 Brasil

 Agronegócio

 Economia

 Cultura

 Cinema

 Entretenimento
Articulistas



Blogs
 Fernando Soares
Mais Lidas
01 Após eleições, 10 cargos federais viram alvo de políticos em Mato Grosso do Sul

02 Nelsinho, governo e vereador terão destino traçado pelo MPE nos próximos dias

03 Carro com duas crianças vai parar em cima de outro em colisão na Vila Bandeirante

04 Dupla armada com pistola rende família no meio da manhã e rouba carro em Campo Grande

05 Derrotado, Londres será responsável por conduzir acordo do PR com Azambuja

Espaço do Leitor
Espaço do leitor
Acesso Fácil
Faça da Midiamax sua página inicial

23/02/2011 17:07

Vídeo de alunos fazendo sexo em sala de aula gera investigação em SP

Aumentar texto Diminuir texto

R7/JG

A Escola Estadual Jesuíno de Arruda, em São Carlos, interior do Estado de São Paulo, passa por uma investigação, depois que um vídeo de alunos fazendo sexo na sala de aula começou a circular pelo colégio.

Os dois adolescentes um rapaz  de 15 anos e uma aluna de 14 anos, faziam aulas de recuperação quando gravaram as cenas. A informação é de que o estudante gravou as imagens pelo telefone celular e repassou para os colegas depois.

O diretor da escola afirmou que, ao saber do caso, não comunicou imediatamente o conselho tutelar para preservar a identidade dos alunos.


Comentários (0)

 
Deixar comentário
10h55
Saneamento básico ainda é o maior problema dos domicílios
10h36
Mais escolarizadas, mulheres recebem 68% da renda dos homens
10h26
Número de mães jovens cai, mas permanece maior entre mulheres negras
Artigo do dia
João Campos
Gratuidade injusta
Entrevista
Diretor do CRA fala da importância do profissional administrador na gestão pública
Loteria
Mega-Sena acumula e ninguém fatura prêmio superior a R$ 3 milhões