Você está aqui

No poder desde 2006, Evo Morales irá disputar quarta eleição presidencial

Decisão judicial permite nova reeleição do presidente

O presidente boliviano Evo Morales anunciou neste sábado (16) que irá disputar a eleição pelo comando do país pela quarta vez em 2019, apesar do referendo do ano passado ter negado a ele a chance de se reeleger. Uma decisão judicial permite que ele seja candidato.

“Estamos reabilitados para 2025, isso não está em debate. A direita perde seu tempo. Mas, bem, minha recomendação é que preparem de uma vez (para as eleições)”, disse. De acordo com o jornal O Globo, a declaração foi feita em um evento público em Cochabamba, onde os setores próximos do governo celebraram 12 anos da primeira vitória eleitoral de Morales.

O presidente da Bolívia tem 58 anos. Ele chegou ao poder em janeiro de 2006 e ganhou três eleições presidenciais consecutivas, mas em fevereiro do ano passado perdeu um referendo no qual buscava se habilitar para mais uma eleição.

Depois, uma decisão do Tribunal Constitucional concedeu aval para Morales se reeleger.

Tópicos