Você está aqui

Coreia do Norte ameaça 'afundar' Japão e reduzir EUA 'às cinzas'

País anuncia lançamento de bomba contra retaliação da ONU

A Coreia do Norte ameaçou nesta quinta-feira (14) utilizar suas armas nucleares para "afundar" o Japão e reduzir o Estados Unidos às "cinzas e escuridão", por promoverem as novas sanções ao país junto ao Conselho de Segurança da ONU. A declaração foi feita por meio de um comitê estatal do país.

O Comitê da Coreia para a Paz na Ásia-Pacífico, que lida com as relações internacionais da Coreia do Norte, também pediu a dissolução do Conselho de Segurança da ONU, chamando-o de "ferramenta do mal" dos EUA para utilizar países "subordinados".  

O país disse que planeja lançar uma bomba nuclear sobre o Japão capaz de afundar as quatro ilhas do arquipélago asiático. "O Japão não é mais necessário para existir perto de nós", disse o comitê.

Na segunda-feira (11), o Conselho de Segurança da ONU aprovou por unanimidade o embargo progressivo do petróleo destinado à Coreia do Norte. A medida é uma resposta ao último e mais potente teste nuclear realizado pelo país, em 3 de setembro.

Tópicos