Você está aqui

Bombardeiros dos EUA simulam ataque em território da Coreia do Norte

Aviões sul-coreanos também participaram de manobras

Dois bombardeiros dos Estados Unidos sobrevoaram na noite desta terça-feira (10) a península da Coreia do Norte, em uma demonstração de força ao regime do governo de Kim Jong-un.

Os aviões saíram durante a tarde da base aérea de Guam, já ameaçada pelo governo norte-coreano anteriormente, e entraram na Zona de Identificação da Defesa Aérea Coreana na noite desta terça-feira.

Aviões militares sul-coreanos também entraram no território norte-coreano para participar de simulações de ataque no Mar do Japão junto às aeronaves estadunidenses.

O sobrevoô das aeronaves ocorre em meio a rumores de que a Coreia do Norte prepara o lançamento de múltiplos mísseis de curto alcance nas próximas semanas. A expectativa é de que novos projéteis sejam lançados no próximo dia 18.

Nas últimas semanas, forças sul-coreanas disseram ter avistado 30 foguetes Scud, de curto alcance, sendo transportados para a cidade de Nampo, que abriga o maior porto da Coreia do Norte.

Tópicos