Você está aqui

Boca suja: papagaio é preso por falar obscenidades a idosa na Índia

Hariyal, destinava seus palavrões à madrasta de seu dono

Um papagaio foi detido pela polícia da Índia após uma idosa registrar queixa contra o bicho por ele fazer comentários abusivos. As informações são do jornal The Telegraph .

Hariyal, nome do acusado, foi treinado ao longo de dois anos por seu dono, Suresh Sakharkar, para provocar sua madrasta, Janabai, de 85 anos.

Segundo a mulher, o pássaro a insultava toda vez que ela entrava na casa de Sakharkar, na cidade de Rajura, no Estado de Maharashtra. "Estou sendo assediada nos últimos dois anos", disse Janabai ao jornal local Zee News. "Ao me ver, o papagaio dispara palavrões e obscenidades".

Janabai conta que já havia reclamado três vezes às autoridades nos últimos anos. "A polícia finalmente chamou o papagaio, Suresh e eu à delegacia para uma espécie de acariação. Eles deviam investigar essa situação", disse ela.

O inspetor de polícia, P. S. Dongre, disse aos repórteres locais que há conflitos financeiros entre os familiares. "Há uma disputa sobre terras e propriedades entre a mulher e seu enteado", explicou. "Nós observamos o papagaio com cuidado, mas ele não pronunciou uma palavra na delegacia depois de ser confrontado pela mulher", concluiu.

A polícia não prestou queixa contra o papagaio, mas o entregou para o departamento florestal do Estado. A família está morando separadamente por causa da disputa, segundo a imprensa indiana.

Tópicos