Você está aqui

O time acabou, mas Lindomar treina sozinho e quer difundir o Hockey In Line

Ele continua jogando por times de outros estados

  • Competição por um campeonato sul-americano.
  • Projeto Masters, com jogadores acima dos 35 anos, para participação de competições.
  • Participação do Sul-americano na Argentina.

A falta de apoio e patrocínio levou ao fim do único time de hockey in line de Campo Grande em 2013. Mas isso não foi suficiente para que o professor de inglês e literatura, Lindomar de Lacerda, de 45 anos, interrompesse os treinos. Mesmo sozinho ele continua praticando o esporte que ama porque deseja participar de competições por times de outros estados.

“Continuo treinando sozinho. Quando tem competição de outros times eles me chamam”, explica Lindomar, que já jogou por Minas Gerais, São Paulo e Curitiba. O Kadiwéus, time de Campo Grande, acabou logo depois que ele e outros 4 integrantes jogaram pelo campeonato mundial que aconteceu na Califórnia, em 2013.

“Todos foram desistindo aos poucos. Nós temos que bancar as viagens e estadias. Fica difícil sem apoio e patrocínio”, lamenta. No mesmo ano ele formou o Alligators, que está em ‘stand by’. Chegaram a disputar a Taça Jaú, quando conquistaram o 3º lugar. Lindomar conta também que em 2016 aconteceu o Open de Campo Grande, com a participação de times de vários estados.

Agora, para manter a prática e os reflexos ele treina sozinho no Rádio Clube. “Quero continuar jogando em outros times, então preciso estar com os reflexos prontos”, destaca. Para ajudar a difundir o hockey e manter o esporte em sua vida, Lindomar montou também um time master, com jogadores acima de 35 anos de Mato Grosso do Sul, Goiás, Rio de Janeiro, São Paulo e Paraíba. Em 2019, ele pretende inscrever a equipe no LBH (Liga Brasileira de Hockey).

De acordo com Lindomar, a idade não é um impedimento para a prática do esporte. “Tendo forma física e fôlego, pode jogar até os 50. Na NHL (North American Hockey League) jogam até os 55 anos”, afirma. No Brasil não existe hockey profissional, segundo o atleta, o esporte está bem organizado e os jogadores que se empenham tem oportunidade para participar de competições, como o Sul-americano que aconteceu em dezembro de 2017, na Argentina.

O desejo de Lindomar é tornar o hockey in line conhecido em Campo Grande e em Mato Grosso do Sul e que os interessados se engajem na prática. Um de seus sonhos é reativar o time. Para saber mais, acesse a fan page do Alligators Hockey Team no Facebook ou entre em contato com Lindomar pelo telefone 99232-5174. Ele treina no Rádio Clube Campo, aos sábados e domingos, das 16h às 18h.

Assista ao vídeo de um dos treinos de Lindomar.

 

 

Tópicos