Você está aqui

Figurinista que acusou José Mayer de assédio tem até agosto para depor

Su Tonami falou sobre situação em carta à Folha

A figurista Suslem Tonani, que acusou o ator José Mayer de assédio, em um texto publicado na Folha de S. Paulo, tem seis meses a partir da data em que foi assediada, para ir à delegacia prestar queixa.

No texto, Su afirmava que o último episódio aconteceu em fevereiro deste ano, quando José Mayer "colocou a mão em sua genitália".

O colunista Leo Dias, do jornal O Dia, destaca que, desde a revelação do caso na imprensa, Su ainda não compareceu à delegacia para depor. O inquérito sobre o caso está em andamento, mas o ator poderá se livrar de responder pelo crime, caso a figurinista não preste depoimento até agosto.

No início de abril, José Mayer assumiu que cometeu o assédio contra Su Tonani e pediu desculpas em uma carta pública.

Tópicos