Você está aqui

São Paulo erra muito, perde do Flu e pode terminar rodada no Z4

3 a 1


O São Paulo segue nos altos e baixos de sua gangorra no Campeonato Brasileiro. Na noite desta quarta-feira, o time treinado por Dorival Júnior, que vinha de vitória sobre o Atlético-PR no Pacaembu, abusou dos erros individuais e perdeu por 3 a 1 para o Fluminense, no Maracanã, pela 29ª rodada do torneio nacional.

Com 34 pontos, o São Paulo caiu momentaneamente do 13º para o 14º lugar, mas pode voltar à zona de rebaixamento ao final da rodada se Ponte Preta (32) e Vitória (33) derrotarem Palmeiras e Atlético-PR, e o Sport vencer ou empatar com o Santos nesta quinta. O Fluminense, por sua vez, sobe da 12ª para a 10ª posição, com 38 pontos.

Novamente sob intensa pressão, o São Paulo tentará se reabilitar do revés diante de um outro rival carioca: o Flamengo, neste domingo, às 17 horas (de Brasília), no Pacaembu. Já o Fluminense buscará emplacar o terceiro triunfo consecutivo diante da Chapecoense, na Arena Condá, às 19h do mesmo dia.

O jogo – O São Paulo começou sonolento e sofreu o primeiro gol aos 22 minutos, quando Henrique Dourado converteu pênalti cometido por Júnior Tavares, que desajeitadamente tocou na bola com a mão ao sair jogando de dentro da área. Foi o 16º gol do centroavante, que é o artilheiro isolado da competição.

No minuto seguinte, Rodrigo Caio errou na antecipação e viu Gustavo Scarpa avançar livre pela direita. O meia-atacante invadiu a área e cruzou rasteiro para o equatoriano Junior Sornoza, da marca da cal, bater forte e no alto, sem chances para Sidão.

Após levar o 2 a 0, o São Paulo melhorou um pouco e chegou perigosamente em duas ocasiões ao gol de Diego Cavalieri. Primeiro, em cobrança de falta de Hernanes. Depois, Lucas Pratto cruzou na medida para Marcos Guilherme, que testou para fora.

O São Paulo voltou do intervalo com Maicosuel no lugar do apagado Lucas Fernandes. Foi o Fluminense, contudo, que assustou primeiro na etapa final. Aos 17 minutos, após cruzamento da direita, Marcos Junior finalizou de voleio, tirando tinta da trave.

Vendo seu time não reagir, Dorival sacou de forma surpreendente Cueva e Pratto para as entradas de Shaylon e Thomaz, respectivamente. No entanto, o Tricolor paulista continuou nervoso em campo, errando muitos passes e inofensivo.

Em mais um pênalti, o Fluminense marcou o seu o terceiro gol aos 39 minutos, com Robinho, que foi empurrado por Arboleda dentro da área. O Tricolor paulista ainda teve tempo de diminuir, aos 43 minutos, após cruzamento de Shaylon e desvio da zaga carioca, que enganou Cavalieri.

FICHA TÉCNICA
FLUMINENSE 3 X 1 SÃO PAULO

Local: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 18 de outubro de 2017, quarta-feira
Horário: 21h45 (de Brasília)
Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (RS)
Assistentes: José Eduardo Calza e Maurício Coelho Silva Penna (ambos do RS)
Público: 22.999 pagantes
Renda: R$ 303.000,00
Cartão Amarelo: Douglas e Reginaldo (Fluminense)
Cartão Vermelho: –
Gols:
FLUMINENSE: Henrique Dourado, aos 22 minutos do 1º tempo, Junior Sornoza, aos 23 minutos do 1º tempo, e Robinho, aos 39 minutos do 2º tempo
SÃO PAULO: Shaylon, aos 43 minutos do 2º tempo

FLUMINENSE: Diego Cavalieri; Lucas, Gum, Reginaldo e Marlon; Douglas, Richard e Junior Sornoza (Mateus Norton); Gustavo Scarpa, Marcos Junior (Robinho) e Henrique Dourado (Pedro)
Técnico: Abel Braga

SÃO PAULO: Sidão; Éder Militão, Robert Arboleda, Rodrigo Caio e Júnior Tavares; Petros e Hernanes; Marcos Guilherme, Christian Cueva (Shaylon) e Lucas Fernandes (Maicosuel); Lucas Pratto (Thomaz)
Técnico: Dorival Júnior

Tópicos